Gravação de acústico põe a 350ml dentro da maior gravadora do mundo

Banda guarapuavana conquistou produtores da Universal Music

O trabalho que nasceu da fusão de duas bandas, uma delas a Dona Maria, lá no final da década de 90 em Guarapuava, se transformou em 350ml e agora ganha o reconhecimento do maior estúdio de música do mundo, a Universal Music.

Gravação do DVD acústico da banda 350ml (Foto: RSN)

O trabalho, que começou há 15 anos com o encontro do casal Ricardo Kuster e Cris Pawloski Kuster, amadureceu e está pronto para ganhar o cenário musical brasileiro. A demonstração do potencial dos músicos guarapuavanos, incluindo Mateus Scharan (bateria), Eduardo Veríssimo (baixo e back vocal), Lafite Guimarães (violão) e Patrick Guimarães (piano), conta com nova roupagem na versão acústica e novos arranjos, que misturaram o rock com o erudito.

A noite dessa quinta feira (26), no Vittace, numa audição para 150 convidados, marcou a gravação do show acústico da banda guarapuavana. Além de comemorar 15 anos de existência, a gravação foi é a porta de entrada para o estúdio Universal.

“Vamos lançar esse DVD em plataformas digitais entre setembro e outubro deste ano. Mas antes vamos lançar um single para marcar a estreia da banda na Universal”, disse Rodrigo D’Sales Monteiro, diretor A&R da Musicorama/Universal Music ao Portal RSN.

“Já tivemos reunião com o pessoal do Spotify para trabalharmos o carro-chefe do DVD, que é a música autoral Sou louco por você, composta pelo Ricardo. Vamos também trabalhar as redes de televisão como a Music Box, Play TV, entre outras. Colocaremos em todos os canais jovens”.

(Foto: reprodução/Facebook)

A entrada da 350ml para o estúdio marca um novo foco da gravadora, desta vez, para as vertentes do rock. Para isso, foram estancados os investimentos do sertanejo – quem está permanece -, que migram para esse novo trabalho.

“A Universal criou o selo Musicorama, voltado apenas para o rock, e é aí que entra a nossa aposta na 350ml”.

Segundo Rodrigo, a banda, que ele vem acompanhando de longe há cerca de cinco anos, tem uma maturidade musical ímpar ao trabalhar os arranjos sem perder a essência, fora a qualidade técnica que faz com que a 350ml se destaque no mercado alternativo.

“A Universal aposta nessa banda porque acredita que o rock está de volta, que haverá um aquecimento de mercado e a 350ml tem essa visão”.

Segundo Rodrigo, Ricardo, que é publicitário, enxerga o foco e as necessidades do mercado fonográfico, conseguindo trabalhar nessa linha.

“Nesse momento em que o rock está voltando e que precisamos atingir o público entre 13 e 24 anos, o som acústico, mais intimista da banda guarapuavana, sem o som distorcidos de guitarra, a 350ml tem tudo para acontecer. É uma banda sensacional e estamos depositando a maior fé nesse trabalho que é singular tanto para a banda quanto para a gravadora”.

NA ESTRADA

São 15 anos de estrada no difícil mundo musical brasileiro. A banda, que teve como embrião a extinta Dona Maria, onde um grupo de adolescentes já desafiava o público com músicas autorais, nunca perdeu a essência. A voz e o som dos instrumentos, que até então eram amadores se transformaram. Por meio de estudos, pesquisas e, principalmente, persistência, se aperfeiçoaram, adquiriram conhecimento técnico, desenvolveram a sensibilidade e surgiram letras, arranjos, músicas que surpreendem músicos que conheceu o trabalho ainda no início.  Mesmo fora das câmeras de tevê, o músico Orlando Silva, que apresentou, entre outros, o programa Companhia Musical na TV Araucária, no final da década de 90, é um deles.

“Foi uma surpresa muito agradável ver o som que a 350 ml está fazendo. O som acústico da banda é uma divisor de águas no cenário musical guarapuavano, uma cidade que não possui uma política cultural a altura dos talentos da cidade, como também a trupe da Felchak Produções”.

Para ele, a 350ml apresenta o resultado de uma luta solitária contra tudo e contra todos.

“Fiquei impressionado com a maturidade musical, com essa superação e, principalmente, por agregar outros músicos, incluindo sopro, cielo, pianos, violinos, trinca de metais e violões. São pratas da casa mostrando o seu potencial”.

Segundo Orlando Silva, os arranjos chamam a atenção por ser um passeio pelo clássico, pelo toque erudito, pelo instrumental que remete ao som music, ao R&B, no blues com caída pop, com uma tendência às raízes da música negra americana. “É uma levada que faz o diferencial por colocar elementos da música mundial. Me surpreendeu o estilo eclético onde nas 12 músicas não há repetições”.

Com o EP “Universo Paralelo” lançado nas plataformas digitais de streaming, com vídeo clipe da música Carpe Diem, que participou do concurso Toshiba Planet na MTV e foi um dos vídeos mais acessados da promoção no MTV Overdrive em julho de 2007, a 350ml chega a acensão em 2018 com o DVD acústico.

“A ideia surgiu do publicitário e produtor Lafite Guimarães sem o qual nada disto estaria acontecendo”, reconhece Ricardo Kuster.

“Sempre tivemos muito incentivo por parte de amigos, de pessoas que gostam da banda, mas era preciso colocar a mão na massa de foram mais efetiva, ousar. E isso aconteceu por causa do Lafite e da Produza”.

Trabalhando com músicos, maestro, produtora, todos de Guarapuava, Ricardo é o responsável, não só pela maioria das composições – outras em parceria com Edu Schran – mas também pelas criações do logotipo, de imagens e animações que mexem com o público nos telões durante os shows.  “As animações fiz junto com o amigo Eduardo Castro. Atravessamos madrugadas fazendo tudo isso”, diz Ricardo. Todo esse material foi feito na Produza, produtora de Guarapuava. É mais uma demonstração de que Guarapuava vive momentos de eclosões também na área cultural. É bom lembrar que para gravar o DVD a 350 ml fez venda antecipada para arrecadar R$ 10 mil e custear as despesas para a reprodução do DVD.

Confira abaixo um dos clássicos da 350ml:

Relacionadas

EXPLOSÃO COVID-19

Em 24h, Guarapuava registra 71 novos casos de covid-19

FALTAM 3 DIAS

“Ficou nítida a dissimulação do réu preso", diz advogado de família Spitzner

SÚMULA

Súmula de recebimento de licença prévia

Comentários