Guarapuava registra a 43ª morte por covid-19 e mais 78 novos casos

Trata-se de uma idosa de 66 anos que estava internada no Hospital São Vicente desde o dia 4 deste mês e morreu na terça (8)

Guarapuava registra a 43ª morte por covid-19 e mais 78 novos casos (Imagem: Reprodução/Pixabay)

Nesta quinta (10), Guarapuava registrou a 43ª morte por covid-19. Trata-se de uma idosa de 66 anos que estava internada no Hospital São Vicente desde o dia 4 deste mês e morreu na terça (8). Entretanto, a confirmação do exame só se deu hoje (10). A Secretaria Municipal de Saúde não informou se ela tinha comorbidades.

Além disso, a Saúde confirmou mais 78 novos casos da doença no município. Destes, 872 estão ativos, ou seja, tem mais probabilidade de contaminar outras pessoas. No total, Guarapuava tem 3.651 casos confirmados. Contudo, há registro de 2.736 pacientes recuperados. Ainda, 406 esperam o resultado do exame e 5.595 casos já foram descartados.

(Imagem: Ascom/Secretaria Municipal de Saúde)

RECORDE DE NOVOS CASOS

O maior número de novos casos confirmados no município de Guarapuava foi na terça (8). Neste dia, a Saúde informou que 135 pessoas tiveram resultado positivo para a doença. Desse modo, nos 10 primeiros dias do mês de dezembro, já são 727 novos casos e 11 mortes. Mesmo com o avanço evidente da doença, a Polícia Militar ainda tem tido trabalho para desfazer aglomerações.

O recorde de novos casos confirmados, até em então, teria sido dia 21 de novembro, quando 123 pacientes tiveram resultado positivo. Além disso, em novembro, a doença chegou ao sistema carcerário de Guarapuava.

5ª REGIONAL

O avanço da covid-19 na Região tem tomado proporções cada vez mais significativas. No dia 12 de novembro, a 5ª Regional, que tem sede em Guarapuava, perdeu o posto de Regional com menor índice de contaminação pela doença, levando em consideração a quantidade de habitantes. Nessa quarta (9), a Regional também deixou de apresentar o menor índice de mortalidade do Estado.

De acordo com os boletins diários apresentados pela Secretaria de Saúde do Estado, desde o início da pandemia, a Regional de Guarapuava se manteve com os menores índices. No entanto, quem agora ocupa o posto é a 6ª Regional, que tem sede em União da Vitória. Novembro foi o mês de recordes, somente no município de Guarapuava, 18 pessoas morreram em decorrência da doença.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

CONQUISTA

Bituruna, capital paranaense do vinho, busca a Indicação Geográfica (IG)

BOA NOTÍCIA

Guarapuava entra no segundo dia de vacinação contra a covid-19

TRAGÉDIA

Incêndio atinge instituto na Índia que fabrica vacina de Oxford

Comentários