Guarapuava tem 133 novos casos de covid-19 na 1ª quinzena de julho

Entretanto, 155 pacientes que tiveram resultado positivo para a covid-19 estão curados. Alerta epidemiológico segue vigente até 4 de agosto

Em Guarapuava, ontem (16) houve a confirmação de 13 novos casos da doença (Foto: Reprodução/Getty Images)

O prefeito de Guarapuava, Cesar Filho, prorrogou nesta semana o decreto de alerta epidemiológico no município. O texto que impunha multa para quem descumprisse regras de isolamento, segue vigente até 4 agosto. E se o mês de junho deixou um saldo de 124 casos confirmados e duas mortes em Guarapuava, a primeira quinzena de julho também assustou.

Isso porque, nos primeiros 15 dias deste mês a Saúde de Guarapuava já confirmou 133 casos de covid-19, chegando a 312 casos no dia 15 de julho. Além disso, na última sexta (10), foi confirmada a terceira morte em decorrência da doença em Guarapuava.

Porém, os números de curados também são positivos, uma vez que no dia 15 de julho, 230 pessoas já tinham se curado da doença na cidade. Ontem (16), a Saúde confirmou 13 novos casos de covid-19 em Guarapuava e nove pessoas também receberam o atestado de curados.

BALANÇO AÇÕES

O decreto de alerta epidemiológico da prefeitura de Guarapuava está vigente desde o dia 17 de junho. A princípio duraria três semanas, e por isso, neste período as ações de fiscalização do cumprimento das normas de enfrentamento à doença foram intensificadas.

Conforme a Secretaria de Comunicação, em três semanas a Ouvidoria Municipal contabilizou quase 500 ligações feitas ao 156. Tais denúncias geraram 158 protocolos que foram encaminhados às equipes de fiscalização. Conforme a diretora da Ouvidoria, Josilda Novacoski da Silva, os demais atendimentos se referiam ao esclarecimento de dúvidas e encaminhamentos.

Por meio dessas denúncias e do trabalho de averiguação das equipes, desde 19 de junho, os agentes de fiscalização vistoriaram 500 espaços comerciais e residenciais de Guarapuava, aplicando mais de 40 multas e 30 notificações para proprietários que estavam descumprimento as medidas sanitárias em vigor na cidade.

Além disso, somente nas fiscalizações noturnas, as equipes averiguaram cerca de 70 estabelecimentos comerciais, multando 25 deles. Com relação às fiscalizações em residências, foram 10 inspeções, com três multas aplicadas.

Já nas rondas de fiscalizações diurnas pelo comércio foram feitas, em média, 20 vistorias por dia, chegando a aproximadamente 420 desde o início do alerta epidemiológico. O que gerou 15 multas e 30 notificações. Os casos sem comprovação foram advertidos e orientados.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

SONHO ROUBADO

Menino tem bicicleta furtada e comove com pedido nas redes sociais

NOVIDADE

Prédio antigo da catedral será transformado em santuário em Guarapuava

QUALIDADE DE VIDA

Cohapar vistoria 154 casas para famílias vulneráveis e de idosos em Prudentópolis

Comentários