Guarapuavano conquista o 2º lugar no prêmio Desafio Paraná

Ademir Círico Junior foi premiado nesta sexta (7) em Curitiba. Ele disputou a categoria Negócio com Tecnologia

O guarapuavano Ademir Círico Junior, de 24 anos, conquistou na tarde desta sexta feira (7), o 2º lugar na terceira edição do prêmio Geração Empreendedora – Desafio Paraná. O título foi divulgado hoje, no Palácio Iguaçu, em Curitiba. O prêmio reconhece ideias de negócio ou um negócio já andamento que sejam transformados em empreendimentos inovadores por meio da tecnologia. O talento guarapuavano ficou com o vice-campeonato na categoria Negócio com Tecnologia ao apresentar o projeto desenvolvido na Contae Contabilidade Online.

Guarapuavano recebeu R$3.500 e seis meses de mentoria (Foto: arquivo pessoal/Ademir Círico Júnior)

“Estou muito feliz, é uma excelente conquista! A Contae Contabilidade Online é uma empresa inovadora com alto potencial de atendimento a nível nacional e que está fazendo a diferença para pequenas e médias empresas do nosso país, esse prêmio eu dedico a minha mãe Jane, que sempre me apoiou para nunca desistir dos meus sonhos. Agora, o foco é expandir, e levar a Contae a conhecimento de mais cidades e Estados do Brasil”, declarou.

Com a conquista, Ademir recebeu o montante de R$3.500, além de seis meses de mentoria. Para chegar até a etapa final, o guarapuavano passou por um processo de seleção intenso com mais de 200 inscritos.

CURRÍCULO

O jovem guarapuavano é formado em ciências contábeis pela Unicentro, com mobilidade em Gestão pela FEUC em Portugal. Atualmente, é especializando em Gestão, Contabilidade e Finanças Empresariais pela Intervale e mestrando em Propriedade Intelectual e Transferência de Tecnologia para Inovação, também pela Unicentro. Em seu trajetória de pesquisa, publicou na Europa o livro Ferramentas de Evidenciação da Responsabilidade Social Empresarial: Teoria e Prática, de sua autoria.

Relacionadas

NOVA 'EXPLOSÃO'

'Explosão da covid-19': Guarapuava confirma 110 casos e a 30ª morte

NÃO ACABOU

5ª Regional perde posto de menor índice de contaminação do PR

LUTO

Diego Maradona morre aos 60 anos em Tigre, na Argentina

Comentários