IML comprova que Carli Filho dirigia bêbado na madrugada do acidente

Guarapuava – O Instituo Médico Legal do Paraná (IML) divulgou o resultado da análise no sangue colhido do deputado estadual Fernando Carli Filho (PSB) logo após o acidente ocorrido na madrugada do dia 7 de maio em Curitiba.
Os exames comprovam sspeita que vinha sendo levantada desde o início do caso que ganhaou repercussão internacional. O deputado estava bêbado e dirigia a mais de 150 quilômetros por hora.
A comprovação do teor alcoólico veio pouco antes do horário de almoço desta segunda-feira, dia 18.
No sangue do deputado havia 7,8 decigramas de álcool por litro. Segundo o artigo 306 do Código Brasileiro de Trânsito, a apresentação de dosagem acima de 6 decigramas já é considerada crime, e o nível tolerado é de 2 decigramas.
“Hoje é possível afirmar com 100% de certeza que o deputado estava sob influência alcoólica no momento da colisão”, disse à Agência Estadual de Notícias o delegado Armando Braga de Moraes Neto, da Dedetran, que acompanha as investigações.

Com informações da Gazeta do Povo

Relacionadas

DESENTENDIMENTO

Homem morre após briga generalizada em bar

VIOLÊNCIA DOMÉSTICA

Homem agride esposa com socos no bairro São Cristóvão

VIOLÊNCIA

Homem de 24 anos morre com tiro na cabeça em Guarapuava

Comentários