Inmet emite alerta laranja de temporal para a Região

De acordo com as informações do Inmet, a previsão atinge todo o Paraná, Santa Catarina e parte do Rio Grande do Sul. O alerta laranja segue durante o dia

Inmet emite alerta laranja de temporal para a Região (Foto: Larissa Ortiz/RSN)

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) divulgou um alerta laranja divulgando o risco de temporais no Sul do país nesta terça (18). Assim, de acordo com as informações, a previsão atinge todo o Paraná, Santa Catarina e parte do Rio Grande do Sul. O alerta laranja iniciou às 7h e segue até às 23h59. Apesar de rumores na internet da possibilidade de neve, Simepar descartou a situação.

Desse modo, conforme o Simepar a probabilidade maior é que o fenômeno atinja as serras gaúcha e catarinense e talvez cidades mais altas do Paraná, como Palmas, na Região Sudoeste, mas em menor intensidade

O esperado para hoje (18) em Guarapuava é um dia frio, com 100% de umidade no ar e temperaturas entre 14ºC e 18ºC. Além disso, a tarde deve ser marcada por muitas nuvens com pancadas de chuva, por vezes forte, e com trovoadas isoladas. Um bom dia para descansar, dormir e curtir o frio enrolado nas cobertas.

As áreas mais afetadas pela tempestade vão ser a Região Metropolitana de Curitiba, Oeste Catarinense, Vale do Itajai, Grande Florianópolis, Planalto Sul Catarinense, Litoral Sul Catarinense, Campos De Cima Da Serra, Planalto Médio, Alto Uruguai, Central Paranaense, Litoral Paranaense, Norte Paranaense, Oeste Paranaense, Sudoeste Paranaense, Sul Paranaense, Litoral Gaúcho, Meio-Oeste Catarinense, Litoral Norte Catarinense, Planalto Norte Catarinense.

Desse modo, o Inmet alerta que há possibilidade de queda de granizo e risco de corte de energia elétrica, estrago em plantações, queda de árvores e alagamentos.

(Imagem: Reprodução/Inmet)

Assim, a orientação do Inmet é para que as pessoas não se abriguem embaixo de árvores, pois há risco de queda e descargas elétricas. Também não estacionem veículo próximo às torres de transmissão e placas de propaganda. Se possível, desligar aparelhos elétricos e quadro geral de energia.

Segundo o Instituto há possibilidade de chover de 30 a 60 milímetros em apenas uma hora. Há também a previsão de ventos intensos em algumas Regiões, os ventos podem variar entre 60 a 100 Km/h. Em Guarapuava, as rajadas devem alcançar 73 km/h. A previsão é que chova até quinta (20).

DEFESA CIVIL

Com as previsões, a Defesa Civil reforça as orientações à população com dicas instrutivas e de segurança para temporais, emergências e prevenção. Conforme a coordenadora da Defesa Civil, Rose Vitorassi, em caso de emergência, a principal orientação é sempre ligar para o 193. “Pois a Defesa Civil, juntamente com o Corpo de Bombeiros, trabalha 24h por dia para dar suporte e atendimento a todos, em situação de desastres. Além disso, com o alerta para a semana, alguns cuidados preparados pela Coordenadoria de Proteção e Defesa Civil de Guarapuava podem ajudar em meio a situações de possível perigo”.

Conforme Rose, em caso de destelhamento de casas, as famílias devem acionar o 193, a qualquer hora, informar a situação, o endereço e aguardar as esquipes chegarem com mantimentos de apoio, como lonas, por exemplo, para resolver temporariamente a situação das coberturas. A entrega de telhas e outros materiais só será feita após a melhora das condições climáticas, para evitar acidentes.

Precisamos nos lembrar sempre que a Defesa Civil somos todos nós. Por isso, precisamos nos cuidar e unir forças para ajudar quem precisa. Sabemos que não podemos evitar que os fenômenos naturais ocorram, mas podemos reduzir os danos às famílias e às comunidades, com cuidado, prevenção e união de todos.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

COVID-19

Dois casos de covid-19 foram confirmados em Guarapuava neste domingo

SETEMBRO AMARELO

Pandemia reforça novos cuidados com a saúde mental

DIA DA ÁRVORE

Instituto Água e Terra desenvolve ação para o Dia da Árvore

Comentários

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com