Julgamento: Diego se diz arrependido

Guarapuava – No julgamento que se iniciou agora a pouco, Diego Pereira dos Santos afirma que se arrepende do ocorrido. Ele demonstrou bastante emoção em seu depoimento inicial, chorando durante boa parte do tempo. O jovem também pediu perdão às famílias das vítimas.

Diego também alega que o procurou a Ciretran de Guarapuava recentemente para buscar informações sobre como limpar o nome perante o órgão e não para reaver a carteira de motorista. Ele também afirma em sua defesa o fato de ter tido um “bom comportamento” durante o período em que ficou preso – um ano e nove meses – destacando que presenciou vários detentos serem assassinados, além das fugas ocorridas – o jovem afirma ainda já estar trabalhando em uma operadora de telefonia.

Sobre a noite do acidente, Diego diz que havia se reunido para comemorar com seus amigos dois fatos: o aniversário do seu amigo Ericson Augusto Pereira, que morreu em decorrência do acidente, e a aprovação dele, Diego, em um concurso público da Polícia Militar. Ele afirma que as cinco ou seis pessoas presentes na oportunidade haviam ingerido um litro de vodka. O jovem também diz não se lembrar de muitas coisas ocorridas naquela noite.

Diego é acusado de furtar cinco vasos de planta em uma loja no centro da cidade, além de dirigir embriagado e em alta velocidade, ocasionando a morte de duas pessoas. Entenda o caso em matéria disponível na Rede Sul de Notícias CLIQUE AQUI.

Foto: Nagel Coelho – Rede Sul de Notícias

Relacionadas

RODOVIA FEDERAL

Quatro pessoas ficam feridas em batida com três carros na BR-277

DESENTENDIMENTO

Homem morre após briga generalizada em bar

VIOLÊNCIA DOMÉSTICA

Homem agride esposa com socos no bairro São Cristóvão

Comentários