Kundun promove a I Festa de Iemanjá

Guarapuava – Guarapuava – A Companhia de Música e Dança Afro Kundun Balê – Quilombo Paiol de Telha está organizando a I Festa de Iemanjá no dia 2 de fevereiro. O local será o Barracão Cultural do Kundun na comunidade quilombola Paiol de Telha, na Colônia Socorro (distrito de Entre Rios).
A festa que vai homenagear o Orixá (protetor) das águas salgadas vai começar às 13 horas do feriado onde a comunidade católica festeja a padroeira de Guarapuava Nossa Senhora de Belém.
“No sincretismo religioso criado na época da escravidão os negros associaram a imagem de Iemanjá à Nossa Senhora e esse culto resiste até os dias de hoje”, explica Isabela Anaxilê Camargo Soares da Cruz (foto), bailarina e vocalista do Kundun.
De acordo com Anaxilê, que também é acadêmica do último ano de História, na Unicentro, a festa organizada pelo Kundun objetiva resgatar a espiritualidade dos seus ancestrais. “Somos universalistas e espiritualistas. Buscamos conhecer um pouco das principais religiões, mas há membros do Kundun que se identificam com religiões de matrizes africanas, enquanto outros são evangélicos, católicos ou seguem outras vertentes espiritualistas. Mas a espiritualidade de nossos ancestrais, principalmente, o candomblé, nos atrai por estar ligado diretamente à natureza, ao meio-ambiente “, diz.
A Festa de Iemanjá vai com começar com a recepção aos visitantes. Em seguida haverá ritual de limpeza espiritual à beira de uma das cachoeiras existentes no Paiol de Telha. “Será um rito simples, mas com muito axé, onde vamos atrair as energias positivas para todas as pessoas que lá estiverem. Vamos banhá-los com água pura vinda da fonte pela mata e com água de cheiro”, diz a bailarina. A sequência será marcada por uma visita à exposição do artista plástico Alex Khua. “Vou levar quadros mostrando os orixás”, diz o artista. Haverá explicação sobre cada quadro, regado a suco naturais, frutas e doces feitos pelo Núcleo de Mulheres do Paiol.
O Kundun vai apresentar danças e toques de Iemanjá e Oxalá – este último o Orixá que rege 2010.
Sob a coordenação do bailarino e coreógrafo Leonardo Kunta Camargo Soares da Cruz, que também é estagiário de Educação Física no sub-programa Diálogos Culturais (Universidade sem Fronteiras, da Secretaria de Estado da Ciência Tecnologia e Ensino Superior), haverá um círculo de danças sagradas onde o público vai interagir com o Kundun.
Em seguida será servido lanche. A Festa promete outras atrações.
Os interessados em participar devem entrar em contato com os membros do Kundun pelos telefones (42) 3626 2990 com Cristina ou Sara, 91372528 com Kunta, 91366961 com Afixirê, 99345386 com Kinilê.
O convite custa R$ 10,00.

Relacionadas

RODOVIA

Consórcio Dalba/Schmtti vai executar obras de duplicação da BR-277

PANDEMIA DA COVID-19

Guarapuava registra três mortes por covid-19 em 24h

NOVAS PRAÇAS DE PEDÁGIO

Paraná terá 15 novas praças de pedágio e promete tarifas menores

Comentários