Kundun tem projeto cultural aprovado pela “Universidade Sem Fronteiras”

Guarapuava – A Companhia de Música e Dança Kundun Balê – Quilombo Paiol de Telha consta na lista dos aprovados pela Secretaria de Estado da Ciência Tecnologia e Ensino Superior (Seti) para desenvolver projetos dentro do programa Universidade Sem Fronteiras.
O edital da selação foi divulgado no final da tarde de terça-feira, dia 20. Proposto pela Fundação Rureco em parceria com o recém-criado Instituto Afro Brasileiro Belmiro de Miranda, o projeto a ser desenvolvido em 2009 é o Guarapuava Herança Cultural – Recuperação e preservação da cultura quilombola como estratégia de fixação territorial – e vai viabilizar a inclusão de jovens quilombolas no ensino superior. Aprovados em vestibular em 2008 7 jovens não puderam frequentar a faculdade por falta de transporte escolar e de condições financeiras para bancar o transporte particular.
Com a aprovação do projeto os acadêmicos serão contratados como estagiários e com o bolsa-auxílio terão condições de pagar o transporte e pequenas despesas acadêmicas. Eles cursarão psicologia, publicidade e propaganda, nutrição e educação física. Todos com bolsas do ProUni e FIES.
RURECO – A Rureco teve dois projetos aprovados. Além desse que vai beneficiar o Kundun e também permitir a continuidade do trabalho da companhia quilombola a Fundação aprovou outro que prevê a preservação da memória da agricultura familiar na região.

Relacionadas

BLITZ SEGURA

Blitz educativa alerta para cuidados no trânsito em Guarapuava

NOVOS CASOS

Seis novos casos de covid-19 são confirmados em Guarapuava

PREÇOS ABUSIVOS

Procon-PR alerta para preços abusivos dos materiais de construção

Comentários

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com