Lançadas novas chamadas de projetos de inclusão, pesquisa e extensão

Serão financiadas 1.200 bolsas de estudo de R$ 400 com a duração de 12 meses. O recurso total disponível nessas chamadas públicas é de R$ 5.760.000

O recurso total disponível nessas chamadas públicas é de R$5.760.000 (Imagem: Reprodução/AEN)

Nesta semana o Governo do Estado lançou lançou as chamadas públicas referentes aos Programas Institucionais de Apoio à Inclusão Social, Pesquisa e de Extensão Universitária – Pibis/Pibex. Algumas recomendações têm sido feitas para que os projetos submetidos sejam voltados ao enfrentamento do coronavírus.

Assim, vão ser financiadas 1.200 bolsas de estudo de R$ 400 com a duração de 12 meses. O recurso total disponível nessas chamadas públicas é de R$ 5.760.000. O lançamento desse projeto foi feito on-line e contou com a participação de pró-reitores de pesquisa e pós-graduação, de extensão e cultura e de reitores das universidades do Paraná.

CORONAVÍRUS

Sendo assim, a recomendação é que pesquisas relacionadas à pandemia de coronavírus sejam contempladas. Assim, são considerados prioritários para o recebimento de bolsas de iniciação científica ou de iniciação em desenvolvimento tecnológico e inovação.

Segundo o superintendente da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Aldo Bona, isso é essencial. “Precisamos direcionar as ações e iniciativas para a prevenção e enfrentamento do coronavírus, pois desta forma, estamos conseguindo manter o lançamento e investimento nos editais tradicionais do Governo”.

OBJETIVOS

Conforme o diretor de Ciência, Tecnologia e Inovação da Fundação Araucária, Luiz Márcio Spinosa, os principais objetivos dessas chamadas públicas envolvem as questões públicas e sociais. “Incentivar a formação de recursos humanos para a pesquisa e a extensão universitárias, direcionadas a temas de interesse social”.

De acordo com ele, também faz parte dos objetivos favorecer o acesso e a integração dos estudantes que ingressam no ensino superior por meio do sistema de cotas sociais à cultura acadêmica. “Além disso, as chamadas públicas objetivam promover a inserção dos estudantes em atividades científicas, tecnológicas e de inovação são algumas das prioridades destes editais”.

O presidente da Fundação Araucária, Ramiro Wahrhaftig, destacou que o Paraná possui um sistema de ciência, tecnologia e inovação muito consistente e que abrange todo o Estado. “A área da extensão, por exemplo, está mais próxima da população e esse fator faz com que mais públicos tenham acesso aos benefícios gerados”.

ENFRENTAMENTO

Várias ações de enfrentamento ao coronavírus já estão sendo feitas, como afirma a vice-coordenadora do Fórum de Pró-Reitores de Extensão e Cultura da Região Sul, Simone Castanho. “Com o apoio que estamos recebendo do Estado está sendo possível organizar diversas ações. Mas, sem este aporte financeiro teríamos muitas dificuldades ou até mesmo não seria possível de executá-las”.

Também foi apresentado o trabalho da equipe de jornalistas da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG). Eles estão fazendo a captação de imagens e entrevistas para a futura elaboração de documentário e materiais jornalísticos referentes à CP 09/2020.

RESULTADO

No evento on-line de lançamento da chamada pública referente ao Pibis e Pibex, também foi anunciado o resultado do edital relacionado ao Programa de Apoio Institucional para Organização, organização e participação dos Encontros Anuais de Extensão Universitária – Eaex & Seurs 2020. O recurso aprovado foi de R$ 239.986,62.

Para saber mais acesse o site.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

AVANÇO

Casos confirmados de covid-19 sobem 150% em 14 dias em Irati

#ADOTEUM

O amor salva vidas, inclusive de animais

COVID-19

Pinhão anuncia medidas para atender artistas durante pandemia

Comentários