Lista de motoristas com carteira suspensa está disponível na internet

Já está no ar a lista dos motoristas que estão com a carteira de habilitação suspensa no Paraná e ainda não entregaram o documento ao Detran. A relação está disponível no site da Secretaria da Segurança Pública do Paraná (www.seguranca.pr.gov.br) e pode ser acessada por qualquer cidadão. Basta entrar na página e clicar no link do menu ao lado esquerdo da tela “CNHs Suspensas”. São 40 mil nomes, já que, dos 69 mil anunciados inicialmente, muitos já entregaram a carteira de motorista e outros estão recorrendo das multas e, por isso, seus nomes não serão divulgados até o julgamento dos recursos.

“A divulgação da lista é um serviço público de comunicação para as pessoas tomarem conhecimento da irreguilaridade, por mais um meio de informação”, disse o secretário da Segurança Pública, Luiz Fernando Delazari.
Todo o sistema de busca foi desenvolvido por técnicos da Celepar. Uma vez por semana está programada atualização automática da lista, já que as carteiras de habilitação do interior chegam ao Detran, em Curitiba, via malote. As atualizações são sempre nos fins de semana, para que nomes possam ser retirados ou incluídos na relação.
A consulta pode ser feita pelo primeiro nome ou nome completo e ainda pelo número da Carteira de Habilitação do motorista. O sistema ainda permite fazer um filtro por cidades.
Para melhor desempenho da página, a lista está limitada a mil resultados, sendo apresentados apenas os primeiros mil registros, em ordem alfabética por municípios e nomes. A consulta pode ser só por nome, só por município e também por nome e município, sempre limitada aos primeiros mil dados. Para visualizar o restante, a consulta deve ser refinada, oferecendo-se critérios de busca mais restritos.
Eventualmente podem estar na lista nomes de pessoas que já morreram. Neste caso, é necessário que os familiares entrem com processo no Detran, para regularizar a situação da CNH.
CÓDIGO – A publicação da lista de nomes de motoristas com carteira suspensa e que não entregaram no Detran encontra suporte legal no artigo 265, do Código de Trânsito Brasileiro, e na resolução 182 ,do Conselho Nacional de Trânsito, que determina que a notificação será expedida ao infrator por remessa postal, por meio tecnológico hábil (Art. 10, inciso 1.º).
A medida tem base nos artigos 10 e 19, da resolução número 182, de 09 de setembro de 2005, do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), que dispõe sobre uniformização do procedimento administrativo para imposição das penalidades de suspensão do direito de dirigir e de cassação da Carteira Nacional de Habilitação. (AEN)

Relacionadas

RODOVIA FEDERAL

Quatro pessoas ficam feridas em batida com três carros na BR-277

DESENTENDIMENTO

Homem morre após briga generalizada em bar

VIOLÊNCIA DOMÉSTICA

Homem agride esposa com socos no bairro São Cristóvão

Comentários