Lula e Ducci assinam nesta quarta o PAC da Mobilidade Urbana

Brasília – O presidente Lula e o prefeito em exercício de Curitiba, Luciano Ducci, assinarão nesta quarta-feira (13), em Brasília, o Termo de Cooperação do PAC de Mobilidade Urbana para a Copa 2014. A assinatura será às 17h, no Salão Brasil do Palácio Itamaraty, e vai garantir à Prefeitura R$ 211,05 milhões para financiamento de obras de mobilidade urbana.
“Serão obras importantes, que melhorarão a mobilidade urbana para a Copa, e que ficarão como um legado para a população curitibana, garantindo mais conforto, mobilidade e segurança no trânsito e no transporte”, diz Luciano Ducci.
O Plano de Aceleração Econômica de Mobilidade Urbana já previa obras como a revitalização das avenidas Cândido de Abreu e das Torres e a implantação do Sistema Integrado de Mobilidade.
Novas propostas da Prefeitura de Curitiba foram incluídas neste PAC: a reforma da rodoviária e seus acessos; a extensão da Linha Verde Sul; a reforma e ampliação do Terminal Santa Cândida; e a revitalização da avenida Marechal Floriano Peixoto, no trecho da Linha Verde à divisa com São José dos Pinhais, perto Terminal Boqueirão.
“Como o projeto do Metrô Curitibano ficou, por opção da Prefeitura de Curitiba, para o PAC 2, novas obras foram incluídas no PAC de Mobilidade Urbana”, diz o gestor da cidade-sede para a Copa, Luiz de Carvalho.
Uma das principais novidades neste PAC é a requalificação da Marechal Floriano, com investimento de R$ 20 milhões. A avenida, que já foi reformada pela Prefeitura no trecho da Linha Verde ao Centro, terá sua revitalização completada em toda a extensão.
A avenida das Torres será revitalizada para melhorar a ligação aeroporto/rodoviária. O investimento da Prefeitura neste projeto será de R$ 62,5 milhões, por meio do PAC da Mobilidade, no trecho da Rodoferroviária à divisa com São José dos Pinhais.
O Sistema Integrado de Mobilidade (SIM), com investimento de R$ 58,2 milhões do PAC por parte da Prefeitura, prevê prioridade para os ônibus nos semáforos; uso de câmeras de circuito fechado de televisão para monitoramento do transporte coletivo e do trânsito em tempo real; painéis eletrônicos informando aos motoristas as condições das principais vias; mais rapidez em operações de emergência de trânsito, câmeras nos ônibus, estações-tubo, terminais e canaletas com um novo sistema de segurança no transporte coletivo; novo sistema de informação aos passageiros; aprimoramento das análises de tráfego e de condições ambientais, além de outros componentes.
A avenida Cândido de Abreu, no Centro Cívico, será revitalizada para receber a passagem do novo ônibus Ligeirão Boqueirão/Centro Cívico e ganhará um calçadão para pedestres. O investimento será de R$ 4,85 milhões.
Na rodoviária, as obras abrangem a reforma da edificação e melhorias na acessibilidade do equipamento, por onde chegarão turistas à cidade durante o Mundial de Futebol. Com investimento de R$ 35 milhões, as obras deverão melhorar as condições de entrada e saída dos ônibus rodoviários.
A continuação da Linha Verde, num trecho ao sul, depois do Pinheirinho até o anel de contorno, garantirá a urbanização com a recuperação do pavimento e implantação de calçadas. Para esta obra, serão investidos R$ 18,5 milhões do PAC. Este projeto ainda conta com uma emenda parlamentar do deputado federal Eduardo Sciarra, no valor de 30 a 40 milhões de reais.
No Terminal Santa Cândida serão feitas obras de reforma e ampliação, com investimento de R$ 12 milhões. Os projetos da Marechal Floriano, da avenida das Torres e do SIM devem ainda receber investimentos do PAC por meio de financiamento ao Governo do Estado.

Relacionadas

VAI COMEÇAR

Câmara marca início do período ordinário para 3 de fevereiro

NOVO PRESIDENTE

Joe Biden toma posse como 46º presidente dos Estados Unidos

VACINAÇÃO

5ª Regional de Saúde terá 5.920 doses de vacina para 20 municípios

Comentários