Mais de 20 estabelecimentos comerciais são lacrados em Guarapuava

Antes de ser lacrados, todos os estabelecimentos foram orientados sobre as medidas. Se houver persistência, o alvará poderá ser cassado

Mais de 20 estabelecimentos comerciais são lacrados em Guarapuava (Foto: Arquivo/RSN)

Até o início desta sexta (17), mais de 20 estabelecimentos já foram lacrados, entre academias, lojas e papelarias em Guarapuava. Segundo a prefeitura, os estabelecimentos foram fechados porque não estão respeitando os decretos municipais para o combate ao novo coronavírus.

Contudo, de acordo com a coordenadora da operação e fiscal tributária, Joeci Aparecida de Lima, “antes de serem lacrados, todos os estabelecimentos foram orientados sobre as medidas. E, se houver persistência, a prefeitura poderá o cassar o alvará”.

A fiscalização ocorre durante o dia e à noite, com mais de 50 fiscais da prefeitura, além de policiais da Polícia Militar. Por fim, para o secretário de Planejamento, Paulo Dirceu Rosa de Souza, “muitos comerciantes ainda insistem em abrir indevidamente, nos dias que não são permitidos, sem compreender que o reflexo deste descuido pode ser o aumento de casos da doença”.

Assim, a prefeitura informou que também tem verificado a utilização dos equipamentos como máscaras e álcool em gel, política de não aglomeração e distanciamento. As denúncias de estabelecimentos que não estão cumprindo as medidas podem ser feitas por meio do número 156, informando o nome da empresa, atividade, localização e a infração.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

CUIDADO COM O GOLPE

Receita do Paraná alerta para tentativa de golpe via e-mail

BAIRRO INOVADOR

'Cidade dos Lagos' atrai a atenção de investidores de várias Regiões

NOVO PROGRAMA

Estado lança programa para recuperar economia dos municípios

Comentários

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com