Ministro anuncia compra de 100 milhões de doses de vacina

Entretanto, o STF intima Eduardo Pazuello a prestar informações sobre a real condição dos estoques brasileiros de seringas e agulhas

Ministro anuncia compra de 100 milhões de doses de vacina (Foto: Valter Campanato/Agência Brasil)

O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, anunciou nesta quinta (7) a decisão do governo federal de comprar 100 milhões de doses da CoronaVac. Essa vacina contra a covid-19 está sendo desenvolvida pela farmacêutica chinesa Sinovac, em parceria com o Instituto Butantan.

“Hoje nós assinamos com o Butantan, menos de 24h depois da medida provisória, o contrato para a entrega das primeiras 46 milhões de doses até abril. Depois, de mais 54 milhões de doses no decorrer do ano, indo a 100 milhões de doses”.

Em entrevista coletiva nesta quinta (7), o ministro anunciou que na “na melhor das hipóteses”, a vacinação deve começar em 20 de janeiro. Entretanto, outra possibilidade começará em março.

Conforme Pazuello, nessa quarta (6), o presidente Bolsonaro editou uma Medida Provisória flexibilizando regras para facilitar a compra de vacinas e insumos. A MP possibilita, por exemplo, a compra de insumos e vacinas em fase de desenvolvimento. Até mesmo antes do registro sanitário ou de autorização de uso emergencial pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária.

INTIMADO

De acordo com o ministro, na manhã de hoje (7), foi publicada, no Diário Oficial da União, a resolução da Câmara de Comércio Exterior (Camex). Essa resolução zera a alíquota do Imposto de Importação de seringas e agulhas temporariamente.

Contudo, ainda nesta quinta (7), o ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal (STF), intimou o ministro. Assim, Pazuello tem cinco dias para informar sobre a real situação dos estoques brasileiros de seringas e agulhas para a vacinação.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

POSSÍVEL GREVE

Greve dos caminhoneiros pode ser maior que em 2018

PANDEMIA DA COVID-19

Pazuello anuncia a prefeitos que a vacinação começa quarta que vem (20)

UM POUQUINHO

Cris Wainer abre planejamento do mandato à comunidade

Comentários