Morador anuncia carro para vender e sofre tentativa de estelionato

O vendedor do carro até recebeu pelo whatsapp, um comprovante de transferência do valor do carro. Mas o dinheiro não entrou na conta bancária

Morador anuncia carro para vender e sofre tentativa de estelionato (Foto: Arquivo/RSN)

A Polícia Militar tem registrado nos últimos dias, várias tentativas de estelionato em Guarapuava. Pelos menos em duas, havia intenção de venda de veículos. E nessa quinta (2), estelionatários voltaram a agir na cidade. De acordo com a PM, por volta das 12h44, policiais foram acionados para averiguar uma situação na rua Abrahan Haick, no bairro Santana. No local, os policiais conversaram com uma pessoa de 29 anos, que havia anunciado um carro Renault Sandero para venda, pelo valor de R$ 15.600.

Entretanto, conforme relato policial, uma terceira pessoa copiou o anúncio e alterou o valor para R$ 9.500. Assim, um homem de 59 anos esteve no endereço para comprar o carro. Porém quem intermediou a negociação seria outra pessoa que nenhuma das partes conheciam pessoalmente.

De acordo com informações da PM, o autor do anúncio do carro por R$ 9.500, pedia durante a intermediação, que o dono do carro enviasse fotos e vídeos do veículo e que encaminharia para o comprador de 59 anos. Ainda conforme relato feito aos policiais, o homem teria com o interessado na compra, uma dívida trabalhista e que ele depositaria o dinheiro em uma conta. Além disso, afirmou que posteriormente faria a transferência do valor total de R$ 15.600 para o proprietário. E só então, após a transferência faria a entrega do carro para o comprador.

COMPROVANTE FALSO

Conforme a PM, as partes foram até um cartório e fizeram o preenchimento do recibo do carro e depois se deslocaram até a casa do proprietário, para aguardar a transferência que a terceira pessoa faria. Após certo tempo o proprietário recebeu, via aplicativo whatsapp, um comprovante de transferência bancária no valor de R$ 15.600.

Porém ao consultar a conta, constatou-se que se tratava de um comprovante falso, devido o valor não ter sido depositado na conta dele. As partes foram orientadas  a irem até a agência bancária para retirar um extrato da conta e depois registrar boletim de ocorrência na delegacia da Polícia Civil de Guarapuava.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

CALORÃO EM GUARAPUAVA

Altas temperaturas marcam o 1º fim de semana da Primavera

COM SEGURANÇA

Ação educativa 'Café na Passarela' ocorreu nesta sexta (25) na BR-277

CONVITE

Crescer sem deixar ninguém para trás!

Comentários