Mulheres se unem para levar esperança em Guarapuava

Em meio a pandemia, uma guarapuavana teve uma linda ideia para levar um pouco de esperança às famílias mais humildes da cidade

Márcia entregou esperança em forma de cestas básicas à famílias de Guarapuava (Foto: Arquivo Pessoal)

Não estão sendo fáceis os dias desde o início da pandemia. Principalmente as famílias mais humildes têm sofrido com o efeito da quarentena. E quando vemos determinadas situações em nossa vida, e conhecemos algumas pessoas, temos certeza de que ainda há esperança para nosso mundo.

Um exemplo disso é a técnica de enfermagem Márcia Ortolani. Ela decidiu não ficar de braços cruzados diante do sofrimento de algumas famílias. Assim, teve a ideia de fazer máscaras de proteção e trocar as unidades por quilos de comida.

De acordo com ela a ideia surgiu depois de ver vários de seus pacientes sofrendo com a perda de empregos. “Pensei no ser humano, quero que as pessoas pensem menos em ganhar dinheiro, e sim em ajudar quem precisa”.

Cestas foram montadas com produtos trocados por máscaras de proteção (Foto: Arquivo Pessoal)

Assim, ela contou com a ajuda de outras três mulheres que também participaram da produção das unidades de máscara. Marcia Harmuch e Daniele Mulati auxiliaram na confecção e Patrícia Koloda ajudou nos cortes dos moldes.

De acordo com Marcia, foram produzidas 250 máscaras, com as quais ela conseguiu montar 17 cestas básicas. Nesse sábado (25) foi o dia que ela escolheu para fazer a entrega dos produtos arrecadados, e de acordo com ela, foi um momento carregado de emoção. As famílias contempladas são moradoras dos bairros Araucária e Santana.

Ao todo, 17 famílias foram contempladas (Foto: Arquivo Pessoal)

Foi um dia especial, glória a Deus! Em uma das casas uma criança me disse: tia tem bolacha e leite nas cestas! Faz tempo que eu não sei o que é comer bolacha com leite. Aqui em casa temos pão amanhecido e chá.

Conforme Márcia este momento significou muito pra ela. “Eu chorei muito nessa hora, porque as pessoas precisam de pouco! Foi muito emocionante e gratificante poder presentear cada uma daquelas famílias”.

Que ações como esta possam nos trazer alívio ao pensar que ainda existem pessoas com o coração bom. Você também tem uma história de solidariedade para nos contar? Então encaminha para e-mail jornalismo@redesuldenoticias.com.br todas as informações. Somos apaixonados por boas histórias.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

UTILIDADE PÚBLICA

Energisa divulga desligamento programado para Guarapuava

FAMÍLIAS VULNERÁVEIS

Energisa e Unesco distribuem 420 cestas básicas em Guarapuava

AINDA DÁ TEMPO

Mega-Sena sorteia prêmio acumulado de R$ 38 milhões neste sábado (24)

Comentários