O amor salva vidas, inclusive de animais

Depois de resgatada, Nina encontrou em um novo lar o significado do amor. O Canil Municipal de Guarapuava tem mais de 100 cães aguardando adoção

Nina foi adotada por Rosane há dois anos (Foto: Arquivo Pessoal)

Qual foi a maior prova de amor que você já teve? Hoje nosso personagem é a personificação do amor. A pequena e animada ‘Nina’ é resultado de amor, carinho, cuidado e paciência. Ela foi adotada por uma família, depois de sofrer severas agressões, e reencontrou um novo sentido para vida.

A pequena cachorrinha, havia sido vítima do dono. Mesmo grávida e depois com bebezinhos ainda em amamentação, era agredida. Quando foi encontrada pela protetora Sil Alves, estava machucada, magra e precisava de ajuda. Logo, a protetora conseguiu o apoio para resgatar e castrar Nina, e possibilitar que ela fosse adotada de forma responsável.

Quando chegamos ao local, ela chorava e parecia contar todo o sofrimento que passava ali. Ela nos olhava com tanto carinho, e ‘conversava’ conosco. Conseguimos tirar ela daquele lugar no dia seguinte, e achamos uma casa cheia de amor pra ela.

E foi na casa da enfermeira Rosane Klempovus, que Nina encontrou a cura. Rosane e o esposo Heraldriv Palhano ofereceram um lar cheio de outros pet irmãos, que auxiliaram no processo de recuperação da pequena Nina.

Rosane tem em casa uma matilha pra lá de fofa, todos castrados (Foto: Arquivo Pessoal)

Temos uma casa, cheia de cachorros, quando a Sil nos procurou e soubemos da situação logo aceitamos o desafio. No princípio foi um pouco difícil, pois ela ainda era muito agitada. Mas com o tempo, se recuperou e trouxe mais alegria para nossa casa.

Essa é apenas um pequeno exemplo dos animais que já foram resgatados das ruas de Guarapuava por protetores que tem como único objetivo ajudar os animais a encontrarem um lar.

Nina no dia em que chegou em seu novo lar (Foto: Arquivo Pessoal)

CANIL DE GUARAPUAVA

De acordo com a Secretaria de Comunicação de Guarapuava, mais de 100 cães ainda aguardam adoção na cidade. Após o processo de castração em massa feito pela Prefeitura de Guarapuava em cães do Canil Municipal, 150 fêmeas se tornaram aptas à adoção.

No entanto, a procura pelos animais tem sido baixa e poucos deles ganharam o tão esperado lar. O médico veterinário responsável pelo canil, Eros de Souza Ferreira, explicou que apesar dos animais receberem atenção e cuidados no local, este não é o lugar ideal para eles.

Os cães são animais dedicados aos donos e constroem laços fortes de amor e carinho. Eles precisam ter quem proteger e estar por perto. São uma companhia que pode nos ajudar nos momentos e realidades mais adversas.

Desse modo, quem tiver interesse em adotar um amigo, basta ir até o Canil Municipal de segunda a sexta, das 13h às 17h. Além disso, estão disponíveis os telefones (42) 3624-6246 ou (42) 3624-2214. O Canil Municipal fica na fica na Estrada do Rocio, próximo ao aeroporto.

Conforme a Secom, vale destacar que a equipe do Canil Municipal segue todas as recomendações de prevenção à covid-19 como distanciamento, uso obrigatório de máscara, uso de álcool em gel, entre outras.

Mais de cem cães aguardam adoção no Canil de Guarapuava (Foto: Secom/Prefeitura de Guarapuava)

ADOÇÃO RESPONSÁVEL

Para adotar um animal é necessário atender alguns pré-requisitos que garantem a viabilidade da adoção, como ter mais de 18 anos e se responsabilizar pela vida inteira do animal por meio de um termo de compromisso que garante o cuidado e bom tratamento.

Além disso, é importante reiterar ainda que o abandono e maus tratos de animais é crime. A denúncia é legitimada pelo Artigo 32, da Lei Federal nº. 9.605 de 1998 (Lei de Crimes Ambientais) e do Artigo 164 do Código Penal.

Assim, a pena prevista pelo Artigo 32 da Lei de Crime Ambientais é de detenção de 3 meses a 1 ano e multa. Já a pena prevista pelo Artigo 164 do Código Penal é de detenção, de 15 dias a 6 meses, ou multa. Em ambas, ocorre a perda da guarda do animal. Por fim, maus tratos e abandono devem ser denunciados pelo 156.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

NOVIDADE

Prédio antigo da catedral será transformado em santuário em Guarapuava

QUALIDADE DE VIDA

Cohapar vistoria 154 casas para famílias vulneráveis e de idosos em Prudentópolis

ÚLTIMO DIA

Pedidos de obras em túmulos podem ser feitos até hoje em Guarapuava

Comentários