O significado do Natal nas diferentes religiões

Guarapuava – O Natal é uma festa genuinamente cristã e celebra o nascimento de Jesus Cristo. A comemoração foi instituída pelo Papa Júlio I no século IV e a data, 25 de dezembro, escolhida com o objetivo de cristianizar festas pagãs celtas, germânicas e romanas.

“O Natal expressa o nascimento de Jesus, que teve o propósito de morrer por nossos pecados e isso é o importante desta data: ela simboliza o nascimento de Jesus em nossas vidas”, afirma o pastor da Comunidade Vida, João Emerson Pereira. Ele destaca que o momento também é propício para o resgate da figura de Jesus Cristo. “Ele foi um símbolo de integridade, paz, amor e honestidade, ensinando a importância das coisas corretas”, comenta.

Posição parecida tem a Igreja Católica. “O Natal é a festa da alegria do nascimento do menino Jesus, o salvador da humanidade”, se exalta o padre Benedito de Camargo da Paróquia Divino Espírito Santo, localizada na Vila Bela. No entanto, as opiniões de católicos e evangélicos divergem quando o assunto é o caráter comercial da festa.

“É claro que a comemoração não pode se resumir a isso, mas o Natal também é uma época de realização de sonhos, os comerciantes aproveitam para vender um pouco mais e as crianças ficam felizes com o recebimento de presentes”, analisa Pereira. Já o padre Camargo tem uma posição diferente. “O espírito do nascimento vai contra o espírito do consumo, personificado na figura do Papai Noel. O Natal representa a voz de Deus gritando no meio de tantas outras”, opina o padre.

O surgimento da figura do Papai Noel

Estudiosos afirmam que a figura do bom velhinho foi inspirada num bispo chamado Nicolau, que nasceu na Turquia em 280. O bispo, homem de bom coração, costumava ajudar as pessoas pobres, deixando saquinhos com moedas próximas às chaminés das casas. Posteriormente, foi transformado em santo após várias pessoas relatarem milagres atribuídos a ele.

A associação da imagem de São Nicolau ao Natal aconteceu na Alemanha e espalhou-se pelo mundo em pouco tempo. Nos Estados Unidos ganhou o nome de Santa Claus, no Brasil de Papai Noel e em Portugal de Pai Natal.

Até o final do século XIX, o Papai Noel era representado com uma roupa de inverno na cor marrom. Porém, em 1881, uma campanha publicitária da Coca-Cola mostrou o bom velhinho com uma roupa, também de inverno, nas cores vermelha e branca – as cores do refrigerante – e com um gorro vermelho com pompom branco. A campanha publicitária fez tanto sucesso que a nova imagem do Papai Noel espalhou-se rapidamente pelo mundo e está viva até hoje.

Essa é a figura do bom velhinho de barbas brancas e roupa vermelha que, na véspera do Natal, traz presentes para as crianças que foram obedientes e que se comportaram bem durante o ano. Ele mora no Pólo Norte e, com seu trenó puxado por renas, vem trazer alegria para as famílias durante as festas natalinas.

Fonte: site Data Comemorativa

Imagem: o Natal é uma festa genuinamente cristã e comemora o nascimento de Jesus Cristo (divulgação)

Relacionadas

CAMPEONATO PARANAENSE

Datas para o Campeonato Paranaense já estão definidas

ORIENTAÇÕES

IAT orienta população sobre entrada nos parques estaduais

DESTAQUE

Indígena de Mangueirinha é o primeiro no PR a presidir Conselho Tutelar

Comentários