Operação do GAECO resulta na prisão de traficantes em Guarapuava

Guarapuava – O Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO), Núcleo Regional de Guarapuava, nesta quinta-feira, dia 28 de maio, prendeu duas pessoas e apreendeu dois adolescentes por tráfico de drogas e associação para o tráfico.
Ao investigar denúncias do narcodenúncia (181) de tráfico de drogas em Guarapuava, policiais civis e militares do GAECO flagraram Cesar Eleandro de Paula, 25 anos, que tinha em sua residência, na Vila Karen, 75 gramas de maconha, 22 pedras de crack e uma bucha de psicotrópico sintético, todos embalados para venda.
Seguindo as denúncias e pautado em investigações anteriores realizadas pelo Grupo, foram apreendidos E.C.G. (15 anos) e J.G.J. (16 anos), ambos no Jardim Pinheirinho, portando dois tabletes de maconha, totalizando 55 gramas. Finalizando as operações, foi preso Adilson José Bail, de 23 anos, conhecido como “Colgate”, que tinha em sua casa também no Jardim Pinheirinho, onde possuía 29 gramas de maconha, 11 gramas de crack, munições para revólver, outros objetos utilizados no tráfico e dinheiro proveniente da venda de drogas.
Adilson estava em liberdade desde 27 de janeiro deste ano, quando saiu do regime semi-aberto onde cumpria pena por tráfico de drogas.
Os dois adultos foram presos em flagrante e autuados pela lei de tráfico de drogas, sendo encaminhados para a carceragem da 14ª. SDP, onde permaneceram à disposição da justiça. Os adolescentes foram apreendidos pela prática do ato infracional e seguidas providências determinadas pelo Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA).
“O tráfico de drogas dilacera as famílias e corrompe o caráter das crianças, sendo hoje em dia um dos problemas de maior repercussão na segurança pública, carecendo do engajamento de cada um dos indivíduos de bem da sociedade para que haja o combate efetivo pelas polícias e sejam tomadas medidas preventivas pelos outros órgãos do aparato público e da sociedade civil organizada” – recado deixado por um dos agentes do GAECO logo após as prisões desta noite.
O GAECO é o braço do Ministério Público do Paraná que trata do combate ao crime organizado e do controle externo da atividade policial. Há unidades do Grupo em Curitiba, Londrina, Foz do Iguaçu, Cascavel e Guarapuava. Todas são compostas por policiais civis e militares e por integrantes do Ministério Público do Paraná – Procuradores e Promotores de Justiça – que são responsáveis pela coordenação das unidades.

Relacionadas

TRABALHO POLICIAL

Polícia Civil prende acusado de matar Juliano Palácio de Ramos

TRÁFICO DE DROGAS

PM prende jovem por tráfico de drogas e porte de armas em Guarapuava

AGREDIDO INJUSTAMENTE

Homem é agredido e acusado de furto de lojas de roupa em Guarapuava

Comentários