Oposição mantém votos e revoga a Lei dos Supermercados sob aplausos do plenário

Guarapuava – A Câmara confirmou a revogação da Lei Complementar número 022 de 2008 por 8 votos contra 4m mantendo o mesmo número de votos da primeira votação.
Os vereadores formam às urnas após caloroso debate entre a oposição e a situação que tentou, em vão, adiar a segunda e última votação sob a defesa de que a tema deveria ser debatido em audiência pública.
A bancada de oposição se manteve coesa sob o argumento de que foram cobrados pela população durante a campanha eleitoral. A sociedade se mostrou contrária à essa lei foi a frase que deu o tom dos pronunciamentos.
O anúncio da votação foi aplaudido pelo público presente no plenário.
O próximo passo agora é sanção ou o veto do prefeito Fernando Ribas Carli, que terá até 15 dias após o recebimento do resultado da votação para se pronunciar.
Caso haja o veto da revogação a Câmara de Vereadores decide se mantém ou se derruba o veto.
Antes da votação, vereadores manifestaram seus votos. Os vereadores Maria José Mandu Ribas (PSDB), Lizandro Martins (PSB), Elcio Melhem (PP) e Fernando Alberto dos Santos (PP) foram publicamente contra a revogação.

Relacionadas

MEC À SOLTA

Núcleo impede Feder, mas ele diz que tinha recusado convite

COMO ASSIM?

Bolsonaro sanciona lei que obriga uso de máscaras em locais públicos

ELEIÇÕES

Jerônimo confirma pré-candidatura à reeleição em Turvo

Comentários