22/08/2023
Cotidiano Região

Osnei e Carboni dão início a obras do Conselho Tutelar em Prudentópolis

Osnei disse que o novo espaço garante melhor acomodação, mas principalmente vai melhorar a qualidade do atendimento das famílias

osnei

Autoridades comemoram a parceria entre Estado e Município (Foto: Ascom/Secretaria de Desenvolvimento Social)

O Conselho Tutelar de Prudentópolis vai contar com nova sede. O lançamento que deu início à obra ocorreu nesta sexta (18), com a participação do secretário de Estado do Desenvolvimento Social e Família, Rogério Carboni e do prefeito Osnei Stadler. Também participaram o presidente do Conselho dos Direitos da Criança e do Adolescente, Adriano Roberto dos Santos e a presidente do Conselho Municipal, Vanderleia Schinemann.

Com investimento de R$ 1.278.000, destinado pelo Fundo Estadual dos Direitos da Criança e Adolescente, o espaço vai atender a população vulnerável. Além de ser uma obra sustentável ambientalmente, conforme disse Carboni. Localizado no Centro da cidade, a nova sede vai contar com cinco salas individuais para o atendimento. Também terá brinquedoteca, espaço com computadores para os adolescentes, assim como lugar para convivência, trazendo mais conforto para os funcionários e as famílias recebidas.

Ainda conforme o projeto arquitetônico, a nova unidade vai contar com captação de água das chuvas. Isso para reutilização na lavagem de calçadas, pisos, irrigação de plantas e outras atividades. Todas as calhas estão interligadas em uma cisterna vertical. Esta vai contar com um sistema de filtragem para eliminar materiais sólidos. Ou seja, folhas,  pequenas pedras e também um filtro coletor, onde vai ficar a água para ser utilizada.

REIVINDICAÇÃO ANTIGA

De acordo com o prefeito Osnei Stadler, essa era uma reivindicação dos conselheiros e agora está sendo atendida. “Esse espaço garante melhor acomodação, mas principalmente vai melhorar a qualidade do atendimento das famílias. O novo espaço permite que o atendimento seja prestado de forma mais reservada, como os fatos exigem. Estamos muito contentes com essa atenção que estamos recebendo. Tenho certeza que estamos no caminho certo”.

Rogério Carboni confirma as palavras do prefeito ao afirmar que as crianças devem ser protegidas e não passar por revitimizações. “O que estamos buscando é desmistificar a ideia de que o Conselho Tutelar é um local ruim, que age na punição. É nele que as famílias que precisam de auxílio devem ir, devem buscar orientação de como melhorar situações que estão difíceis. Em casos extremados, queremos oferecer para as crianças e adolescentes um espaço acolhedor”.

Conforme o secretário, em 2022 o Governo do Paraná e o Cedca anunciaram a construção de 12 Conselhos Tutelares em 12 cidades. Esse investimento soma R$ 15 milhões. As obras serão feitas pela Diretoria de Edificações da Secretaria de Estado das Cidades.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Cristina Esteche

Jornalista

Relacionadas

Desculpe, não encontramos nenhuma postagem disponível.

A missão da RSN é produzir informações e análises jornalísticas com credibilidade, transparência, qualidade e rapidez, seguindo princípios editoriais de independência, senso crítico, pluralismo e apartidarismo. Além disso, busca contribuir para fortalecer a democracia e conscientizar a cidadania.