Pandemia muda comemoração do Dia de São João em Prudentópolis

Tradicional festa em comemoração ao Dia de São João Batista em Prudentópolis chega na 105ª edição. Festividades foram adaptadas

São João Batista é o padroeiro de Prudentópolis (Foto: Leandro Latyki)

A pandemia do novo coronavírus mudou a rotina de todo o mundo. Festas tradicionais também não ficaram de fora da infinita lista de atividades que tiveram se que adaptar ao momento. Nesta quarta (24) é Dia de São João Batista, que é padroeiro de Prudentópolis. Desse modo, a tradicional festa que dura vários dias na cidade, teve que ser alterada.

Neste ano, a festa seria a 105º comemoração em alusão ao padroeiro. Porém, não houve barraquinhas, nem novenas cheias de fieis. Tampouco a ocorrência das famílias na praça São João se divertindo e curtindo as atrações. Entretanto, a Paróquia São João, deu um jeito de marcar a data, mesmo com a impossibilidade de uma festa física.

Para isso, as novenas que tiveram início no dia 15 de junho foram transmitidas ao vivo pelo Facebook. Assim, os fieis puderam participar de todas as missas. Além disso, o show de prêmios também deve funcionar de forma eletrônica.

As barraquinhas também passaram por uma adaptação. Os prudentopolitanos puderam comprar os produtos que seriam vendidos durante a festa no sistema drive-thru. Pasteis, bolos e tortas puderam ser comprados entre 15h30 e 19h30 no último fim de semana. Além disso, todas as medidas de segurança foram tomadas por aqueles que prepararam as porções e organizaram a venda.

Barraquinhas funcionaram no sistema drive-thru (Foto: Reprodução/Facebook)

COSTELA FOGO DE CHÃO

Como de costume, no dia 24 de junho como é feriado, ocorre na festa um grande almoço para a comunidade. A costela fogo de chão é acompanhada de arroz, farofa e maionese. As famílias se reuniam para aproveitar o último dia de festa. Porém, também tiveram que se adaptar.

Por isso, a organização vendeu as porções de almoço de forma antecipada para retirada. Assim, as famílias podem aproveitar o tradicional almoço de São João Batista, com a família reunida, mas desta vez, em casa.

A TRADIÇÃO

A Igreja São João Batista é uma das principais e a mais tradicional referência religiosa em Prudentópolis. Dessa forma, as celebrações são feitas no rito latino. Conhecida como a Igreja Matriz de São João Batista, projetada em estilo colonial, foi concluída em 1990 e está localizada onde os desbravadores do município construíram a primeira capela que levava o mesmo nome.

Desse modo, conforme a história, em 7 de junho de 1906 a capela tornou-se paróquia e em 1915 houve a primeira edição dos festejos em louvor a São João Batista. A devoção a São João Batista começou na cidade, com D. Emília – esposa de Firmo Mendes de Queiróz, fundador de Prudentópolis, há mais de 100 anos.

Conta a história, que D. Emília mantinha a imagem de São João Batista, num canto da sala, numa prateleirinha. E, que todos os anos, no dia 24 de junho, reunia toda a família e a vizinhança para comemorar. Em volta de uma caieira, ao som do barulho dos rojões, a caneca de quentão corria de mão em mão.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

NOVOS CASOS

Seis novos casos de covid-19 são confirmados em Guarapuava

PREÇOS ABUSIVOS

Procon-PR alerta para preços abusivos dos materiais de construção

PLANTIO SIMBÓLICO

Plantio simbólico no 'Jardim do Futuro' é retomado em Guarapuava

Comentários

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com