Pedido de desfiliação de Carli Filho foi escrito a próprio punho, diz Severino

Guarapuava – O presidente do PSB estadual, Severino Araújo (foto), disse há pouco (10h24min)à Rede Sul de Notícias que o pedido de desfiliação feito pelo ex-deputado Fernando Carli Filho ao Partido foi escrito a próprio punho.
“O texto está um pouco inelegível, mas dá para entender que o ex-deputado pede a sua desfiliação”, afirmou o presidente.
Severino disse que o documento foi encaminhado a ele ainda no dia 29 de maio, via fax, pelo presidente do PSB em Guarapuava, o advogado Sergio Fanucchi. “Ele ligou para mim dando ciência dessa decisão e em seguida mandou o fax, depois disso não faei mais com ele”, disse.
Fanucchi está em Curitiba desde a última sexta-feira e não está sendo encontrado para comentar qual será a sua decisão em relação ao partido. Em entrevista concedida à Rede Sul de Notícias-Tribuna na semana passada anunciou que se Carli Filho fosse expulso da agremiação ele deixaria o PSB junto com o ex-deputado.
Quanto ao teor da carta encaminhada pelo prefeito licenciado de Guarapuava, Fernando Ribas Carli a Severino Araújo, na sexta-feira, o líder do PSB disse que na carta, Carli pedia mais prazo para o filho. Ems eguida veio o pedido de desfiliação.
“Com a renúncia se perdeu o objeto e tudo foi arquivado”, afirmou Severino Araújo.

Relacionadas

MEC À SOLTA

Núcleo impede Feder, mas ele diz que tinha recusado convite

COMO ASSIM?

Bolsonaro sanciona lei que obriga uso de máscaras em locais públicos

ELEIÇÕES

Jerônimo confirma pré-candidatura à reeleição em Turvo

Comentários