Pinhão cria rota turística em agroindústrias familiares

O objetivo é fomentar o consumo e divulgar os produtos locais

Atualmente o município conta com 28 agroindústrias familiares (Foto: Ascom/Prefeitura de Pinhão)

Para fomentar o consumo e divulgar as potencialidades da agricultura familiar no município de Pinhão, a prefeitura está concluindo a primeira Rota Turística das Agroindústrias. O primeiro roteiro, passa por três agroindústrias, e deve contemplar a produção de embutidos, queijos, derivados de leite, massas e biscoitos.

O município de Pinhão conta, entretanto, com 28 agroindústrias familiares. A rota a ser traçada neste primeiro projeto foi pensada pelo Departamento de Turismo, ligado à Secretaria Municipal de Indústria e Comércio. Além disso, o diretor de turismo de prefeitura, Adriano Raizel, afirmou que as potencialidade de Pinhão ainda são pouco exploradas. Segundo ele, a iniciativa trará mais visibilidade para as iniciativas ligadas ao turismo.

“Muitas pessoas ainda não conhecem todas as belezas naturais e potencialidades do nosso município. Por isso é importante criarmos essas rotas para fomentar área do turismo”.

A expectativa é de que o lançamento ocorra ainda em julho.

O primeiro roteiro inclui três agroindústrias (Foto: Ascom/Prefeitura de Pinhão)

AGROINDÚSTRIAS

As agroindústrias familiares são pequenas estruturas que agregam valor aos produtos da agricultura familiar. Nos dois primeiros anos a administração já auxiliou na formalização de 25 agroindústrias. Quem vai aos supermercados hoje já pode encontrar os derivados de leite da Angelita. Além disso, pode encontrar as massas da agroindústria da dona Neli Rebonato.

O diretor de Agroindústrias Sandro Nunes conta que a ideia para a implantação da agroindústria surgiu após observar a aptidão produtiva das comunidades. “Fizemos diversas reuniões com as comunidades rurais. Com isso, percebemos a necessidade de agregar valor ao que é produzido na agricultura familiar de nosso município”.

O prefeito Odir Gotardo destacou ainda que o trabalho desenvolvido pelas agroindústrias familiares. Afirmou que o projeto gera oportunidades de renda para as famílias e refletem na economia da cidade.

“Ao adquirir produtos das agroindústrias familiares de nossa cidade fomentamos o meio rural e fortalecemos o comércio da cidade para que novos empregos possam surgir”.

Os resultados já podem ser vistos nos supermercados da cidade (Foto: Ascom/Prefeitura de Pinhão)

RESULTADOS

No mês de abril, o projeto já gerou resultados e o primeiro abate de frangos na Agroindústria Familiar Recanto Feliz, localizada na Vila Rural. O prefeito Odir Gotardo, atualizou a lei do SIM – Sistema de Inspeção Municipal. A ação permitiu abertura das primeiras agroindústrias no município.

Os primeiros 100 animais abatidos atenderam a demanda de merenda escolar e o público que frequenta a Feira da Agricultura Familiar.

Relacionadas

PRODUTIVIDADE

Após melhorias, Portos do Paraná alcançam quase 100% de ocupação

ALVARÁS

Atendimento on-line desburocratiza abertura de empresas em Guarapuava

ECONOMIZANDO

App 'Menor Preço' ajuda a economizar nas compras de fim de ano

Comentários