22/08/2023
Agronegócio Cotidiano Paraná

Plantio de cevada avança a 27% com previsão de 334 mil toneladas

A construção da Maltaria Campos Gerais, com participação da Agrária, inaugurada hoje (6), pode estimular o plantio de 20% a mais que 2023

Plantio de cevada e trigo no Paraná (Foto: Jaelson Lucas/Arquivo AEN)

O plantio da cevada e do trigo no Paraná teve avanço significativo nesta semana chegando a 27% da área. Com a previsão de que a safra atual chegue a 334 mil toneladas no Paraná, a expectativa é de que a produção supere o registro do ano passado nas duas culturas.

Os dados fazem parte do Boletim de Conjuntura Agropecuária, feito pelos técnicos do Departamento de Economia Rural (Deral). O levantamento avalia a semana de 31 de maio a 6 de junho. Além disso, este é o maior percentual registrado para este período e tem relação com a ampliação na Região dos Campos Gerais. Isso porque nesta quinta (6) houve a inauguração da Maltaria Campos Gerais.

A nova cooperativa é fruto de intercooperação das cooperativas Agrária (Guarapuava), Bom Jesus (Lapa), Capal (Arapoti), Castrolanda (Castro), Coopagrícola (Ponta Grossa) e Frísia (Carambeí). A previsão inicial é que produza 240 mil toneladas de malte por ano.

Historicamente a região de Guarapuava detinha a maior área de cevada no Estado. No entanto, alguns produtores reduziram o espaço na safra atual. De outro lado, agricultores da regional de Ponta Grossa optaram por entrar na atividade. A estimativa é de que o Paraná plante 75,2 mil hectares de cevada, 14% a menos que os 87,3 mil hectares do ciclo 2022/23. A produtividade, porém, vai aumentar de 278 mil toneladas para 334,6 mil, ou seja, 20% a mais.

TRIGO

O cereal já foi semeado em 73% da área projetada de 1,12 milhão de hectares. Nessa quarta (5) a saca era comercializada a R$ 75, valor acima do índice trimestral de custo variável, que fechou maio em R$ 67,41. A expectativa de colheita é de 3,8 milhões de toneladas, de acordo com a Previsão Subjetiva de Safra divulgada no fim de maio. Isso representa 4% a mais que as 3,6 milhões de toneladas da safra 2022/23.

O Paraná é o segundo maior produtor de batata inglesa no Brasil, atrás de Minas Gerais. Atualmente o Estado desenvolve a 2ª safra, cultivada em 10,5 mil hectares, com produção estimada de 317,8 mil toneladas. O plantio alcança neste momento 95% da área, enquanto 58% já foram colhidos.

SUÍNOS

O boletim de conjuntura apresenta dados da Agência de Defesa Agropecuária do Paraná (Adapar) que apontam 120 granjas comerciais com finalidade de reprodução no Paraná. O município de Piraí do Sul lidera, com 22 estabelecimentos, seguido por Toledo (16), Guarapuava (12) e Castro (11).

LEITE E OVOS

O preço pago ao produtor paranaense por litro de leite posto na indústria atingiu R$ 2,47 em média durante o mês de maio, aumento de 3,4% em relação aos R$ 2,39 de abril. Em relação aos ovos, o documento do Deral destaca que os preços caíram em todos os níveis do mercado em maio. Dados do departamento mostram que o preço nominal do ovo tipo grande ao produtor paranaense foi de R$ 140,66 por caixa de 30 dúzias. Em abril estava em R$ 144,99.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Vallery Nascimento

Jornalista

Jornalista formada desde 2022 pelo Centro Universitário Internacional - Uninter. Além do amor pela comunicação, ela também é graduada em Letras com habilitação em inglês. Apresenta o Giro RSN de segunda a sexta, às 18h nas redes sociais do Portal RSN.

Relacionadas


Warning: Undefined array key 0 in /home/redesuld/public_html/wp/wp-includes/class-wp-query.php on line 3738

A missão da RSN é produzir informações e análises jornalísticas com credibilidade, transparência, qualidade e rapidez, seguindo princípios editoriais de independência, senso crítico, pluralismo e apartidarismo. Além disso, busca contribuir para fortalecer a democracia e conscientizar a cidadania.