Plauto faz pronunciamento na Assembleia sobre acidente

Guarapuava – O deputado Plauto Miró (DEM)fez um breve pronunciamento na sessão de hoje, segunda-feira, dia 18, na Assembleia Legislativa do Paraná.
O deputado falou pela primeira na Assembleia Legislativa sobre a tragédia ocorrida no último dia 7, envolvendo o seu sobrinho Luiz Fernando Ribas Carli Filho (PSB), que vitimou dois jovens Gilmar Rafael Souza Yared, de 26 anos, e Carlos Murilo de Almeida, de 20.

SEGUE O DISCURSO NA ÍNTEGRA:

Senhor Presidente, Senhoras e Senhores Deputados

Quero ser muito breve, mas não posso deixar de fazer estas considerações.
A rigor, devo abordá-las em quatro pontos:

1. Pedi licença por quatro sessões plenárias e hoje estou de volta a este Casa. Num momento de extrema dor precisei amparar meus familiares, principalmente minha mãe de 82 anos, que enfrenta conosco um momento de tristeza absoluta.
Esta dor me permite exercitar a compaixão, no mais profundo espírito cristão. Posso imaginar, sem querer dimensionar a profundidade, o que sofrem os pais, mães, parentes e amigos dos envolvidos neste episódio. Transmito, em meu nome pessoal e, por certo, também em nome de minha família, a minha expressa e sincera manifestação de solidariedade e respeito a todos eles.

2. Deste episódio, dentre inúmeras lições, duas creio ser fundamentais relembrar em público. A vida, presente de Deus, precisa ser preservada sempre. Esta mesma vida que nos reserva surpresas absolutas, que jamais poderíamos prever. A pessoa pode, por uma só ação, ficar marcada para sempre. É neste instante, que como homem público responsável, devo reafirmar minha fé inabalável na Justiça e, também como deputado e cidadão, confiar que as investigações sejam ágeis, eficazes e prontas.

3. Creio também, senhoras e senhores deputados, que precisamos sempre ter em mente que milhares de jovens são vítimas todos os dias da violência no trânsito neste País. E esta é uma situação que não pode continuar.

4. Enfim, e encerrando: peço ao Criador que a todos proteja e que a serenidade nos permita tirar lições que aplaquem a dor que jamais passará.

Obrigado
Plauto Miró Guimarães

Com informações da Assessoiria de Imprensa da ALEP

Relacionadas

AÇÃO

MP pede devolução de mais de R$ 1 milhão em diárias da Câmara

ELEIÇÕES

Deputados aprovam adiamento das eleições para 15 e 29 de novembro

ELEIÇÕES

Câmara vota hoje PEC que adia eleições para novembro

Comentários