Polícia ambiental alerta para compra clandestina de animais silvestres

Guarapuava – O comando do 1º Pelotão de Polícia ambiental alerta à população guarapuavana e da região quanto ao “errôneo costume” de adquirir clandestinamente ou apanhar animais silvestres na natureza.
De acordo com a polícia ambiental, essas atitudes, além de prejudicarem a fauna da região tornado-a cada vez mais escassa, causam maus-tratos aos animais aprisionando-os em locais inadequados.
Somente este ano, na região de Guarapuava, foram apreendidos 43 pássaros silvestres mantidos em cativeiro em desacordo com a lei ambiental, e segundo a polícia, as denúncias não param de chegar.
“A posse ou comercialização de animais silvestres só poderá ser feita legalmente mediante autorização do IBAMA. O infrator que não respeitar esse procedimento será autuado de quinhentos a cinco mil reais por espécie, além de responder criminalmente segundo a Lei Federal 9.605/98, cuja pena é de seis meses a um ano de detenção”.
A população poderá ajudar a denunciar qualquer dano ambiental por meio do telefone 0800-643-0304, e quem a fizer terá sua identidade preservada.

Relacionadas

COTIDIANO

Medidas protetivas tiveram aumento de 87% em 2020 em Guarapuava

CUIDADO COM O GOLPE

Idoso suspeita de golpe e prende estelionatário dentro de casa

TRÁFICO

Adolescente é apreendido transportando 10 quilos de maconha

Comentários