Por trás das ‘câmeras’ da Rede Sul

Depois de um ano cheio de aprendizado, e que vivemos um dia de cada vez [e #tudobem], apresento aos nossos leitores a minha família Rede Sul

*Há indícios de opiniões [MUITO] pessoais.

Todos os dias, cada um chega no seu horário. Na chegada, no primeiro horário, eu e o Gilson, tratamos de ver o que houve na noite anterior e como [provavelmente] nosso dia deve se desenvolver. Discutimos as pautas e definimos, o que [por ora] temos. Pouco depois de nossa chegada, e aquela correria, de ‘eu faço isso, faz aquilo’, recebemos o bom dia do Juninho e de longe, dá pra escutar a Tia Lili falando sobre o tanto de coisas que ela tem pra fazer no dia, [e são muitas].

Logo mais, Cristina Esteche [Cristiane], já chega falando ‘que barbaridade’ junto com risada da Sabrina, [que de longe se escuta]. E a Isabela pessoal? Sempre com o sorriso estampado, sempre fashion e bem disposta. O Jeferson, já teria me acompanhado pela manhã, [e já teríamos falado no quanto a nossa vida poderia ser ‘melhor’, mas não deixando de reconhecer o quanto somos privilegiados]. Luana, aparece pra colocar ordem, [chamaria de juízo].

Em 2020, apesar de todas as dificuldades que o mundo inteiro enfrentou, a Rede Sul cresceu. Se desenvolveu, aumentou a equipe e se destacou no âmbito estadual. Resultado de uma equipe, que em conjunto não mediu esforços para levar sempre informação de qualidade, em primeira mão, com responsabilidade e respeito por todos os nossos leitores.

Mas e você? Que acompanha, a Rede Sul há 20 anos, sabe quem somos nós?

CRISTINA ESTECHE – DIRETORA DE JORNALISMO

Vamos por partes, no fluxo do coração, que [admito] neste ano, passou dos 200Km/h, todos os dias. Primeiramente, Cristina Esteche. Para quem não conhece, mulher de coração enorme. E que há anos, [diria eu], desde que ela existe, enfrenta os mesmos desafios, pelas mesmas coisas, com pessoas diferentes. Um dia-a-dia rotineiro [mas sem rotina, se é que é possível]. Esta ‘rotina’ é resultado de não ver maldade em ninguém, por acreditar que o amanhã é melhor. Que a vida é uma só. Por isso, ela, [Cristiane], aposta que todos os dias ensinam algo, e que [SEMPRE] vale a pena qualquer sentimento que te reenconstrua, reinvente e te molde [de novo, e de novo]. Os dias precisam te completar, te preencher. E se você conseguir justificar algo que você fez, com amor, valeu a pena. E [a pior parte] ela sempre tem razão quando se trata de amor.  [A melhor energia que eu conheço].

Cristina Esteche – Diretora de Jornalismo (Foto: Reprodução/Facebook)

JEFERSON RIBEIRO – DIRETOR DE MARKETING

Lembro, [acabei com a ética jornalística, porque nunca poderia ter conjugado esse verbo na primeira pessoa do singular], do primeiro dia dele na Rede. Ele não conseguia se apresentar, nem atender o telefone. Ele só precisava de uma oportunidade, de um olhar com carinho, pelo que vem de dentro pra fora, e isso é o que a Rede Sul mais oferece. Talentoso, dedicado, inteligente, criativo, engraçado e um ótimo [ÓTIMO] amigo [desta vez em todos os tempos verbais, para qualquer pessoa do singular ou plural].

Jeferson Ribeiro – Diretor de Marketing (Foto: Reprodução/Facebook)

O que ele diz sobre a Rede:

Há pouco mais de um ano eu trabalho no portal RSN. Quando entrei, não tinha noção de como era trabalhar em um portal de notícias, mas fui prontamente avisado: “isso aqui é uma loucura”. De fato, é. E eu sabia que não seria diferente, afinal, eu havia acabado de entrar para a equipe do maior portal de notícias da Região e um dos maiores do Paraná. Da janela da minha sala no edifício Araucária, todos os dias, eu via o movimento da cidade, ouvia os sons das ruas, das conversas das pessoas e o sol se pondo no horizonte, como um presente que recebia em troca pelo meu esforço e superação.
Quando 2020 começou e as manchetes se dividiam entre casos de Coronavírus e um cenário político absolutamente instável, deixando no ar mais dúvidas do que respostas, a equipe soube trabalhar junta – de longe – e conseguiu não só ‘segurar as pontas’ mas também evoluir. Hoje, quando volto pra casa, vejo o sol se pondo do estacionamento do Shopping Cidade dos Lagos, uma paisagem incrível, em um lugar de referência de crescimento, resultado de muito planejamento e envolvimento em equipe. Fechamos novas parcerias, aumentamos a equipe. Sucesso!
Mas, para mim, além de todo o crescimento profissional, entre os muitos e-mails, telefonemas, mensagens e conversas diárias com os leitores, parceiros de negócios e, principalmente, com os colegas de trabalho, eu encontrei muitas mãos para segurar e cabeças para pensar juntas, visando sempre manter os laços com todos aqueles que fazem parte da ‘rede’ e fizeram parte desse ano completamente diferente e desafiador. Conseguimos. Que venha 2021!

GILSON BOSCHIERO – EDITOR CHEFE

De Santa Bárbara do Oeste, Gilson Boschiero. Exigente, profissional e muito [MUITO] emotivo. Em um primeiro momento, ou na primeira experiência, ele parece [até mesmo] malvado. Mas, ele é forte, corajoso, e munido de uma ‘capa’ que o protege de qualquer coisa que possa o desnudar de qualquer sentimento que o faça parecer menos do que ele merece. E todos, merecemos muito. Mas, se mostra sensível a qualquer sentimento [PRINCIPALMENTE OS RUINS], que possa ferir as pessoas que ele gosta de verdade, e olha, que são poucas.

Gilson Boschiero – Editor Chefe (Foto: Reprodução/RSN)

O que ele diz sobre a Rede?

O ano de 2020 foi especialmente difícil. Pandemia, afastamento social, trabalho remoto. A equipe ficou distante, mas o compromisso com a notícia se fortaleceu ainda mais. Um ano de muito aprendizado pessoal e profissional. Trabalhar na rede é se desafiar, é se superar todos os dias. A notícia não tem hora pra acontecer. E trabalhar com uma equipe pequena no tamanho mas gigante na competência é gratificante! Gratidão a essa família. Que venha 2021!

LUANA ESTECHE – DIRETORA GERAL

Sempre que recebemos a notícia que a ‘Luana vem aqui hoje’, já corremos fuxicar uns com os outros para saber ‘que será que deu?’. Mas pelo contrário, ela sempre chega pra nos trazer boas notícias, nos dar ovos de Páscoa ou panetones no Natal. Responsável pelo funcionamento efetivo da Rede desde o início e [PRA MIM], um exemplo de força, dedicação e empoderamento.

Luana Esteche – Diretora Geral (Foto: Reprodução/Facebook)

TIA LILI – ELIANE BONIN – ADMINISTRATIVO

Mãe de todos. Não tem um dia que ela não acredite que tudo vai ficar bem. Ela é a responsável por tudo que diga respeito ao andamento administrativo da Rede Sul. Às vezes [QUASE SEMPRE] fica ansiosa com o tanto de coisas que ela tem pra fazer. Mas sempre tem tempo para dar uma risada gostosa que fortalece o dia de quem passa pela Rede. Ela sempre tem as palavras certas para o momento certo e quando fica sem palavras [O QUE É RARO] consola com um abraço.

Eliane Bonin – Administrativo (Foto: Reprodução/Facebook)

LUIZ CARLOS GUIMARÃES JUNIOR – O GUIMA – ASSISTENTE DE MARKETING

Não me lembro de um dia, desde que o Juninho chegou trabalhar conosco, que ele não estivesse correndo. Ele sempre está resolvendo uma coisa aqui ou ali. Sempre aprendendo algo novo. “Eu não sei fazer, mas se você me ensinar eu faço”. É assistente do Marketing, da Eliane, da Cris, da Redação e o que mais pedirem para ele. E ele [SEMPRE] dá conta. Para mim, o papel dele é fundamental, pois nosso fluxo de crescimento precisa de pessoas dedicadas e que acreditem, todos os dias, no time que elas pertencem. [E VAMO LÁ TIME].

Luiz Carlos Guimarães Junior (Foto: Reprodução/Facebook)

SABRINA FERRARI – JORNALISTA

Sabrina Ferrari é uma das jornalistas da Rede Sul. Neste ano acabou se tornando uma das peças fundamentais da minha vida no momento mais difícil do meu ano. Eu perdi um filho em 29 de abril, e ela assumiu, com excelência, toda a carga profissional que eu, por ora, precisava deixar de lado. Dedicada, engraçada, de presença imponente e uma amiga muito verdadeira. Ela gosta de dizer que tem nome de bruxa, mas o nome dela teve origem do anglo-saxão e na literatura significa ‘princesa’. [PERFEITO PRA ELA].

Sabrina Ferrari – Jornalista (Reprodução/Facebook)

O que ela diz sobre a Rede?

Esse ano já começou como uma dificuldade pelo estilo de vida que tivemos que adotar. Mas eu ouso dizer que pessoalmente esse foi um ano de muito crescimento. Eu encontrei uma família na Rede Sul, encontrei pessoas que são completamente diferentes e se encaixam como peças, porque as diferenças nos fortalecem. Eu aprendi mais sobre a profissão que escolhi seguir e sobre a conexão humana. Cada um que trabalha comigo direta ou indiretamente é uma parte fundamental do meu crescimento nesse ano e eu sou muito grata.

ISABELA NUNES – ESTAGIÁRIA DE JORNALISMO

A ‘Bela’ é a recém-chegada da Rede. De longe é possível ver o quanto ela contribuiu com toda a Rede e também com ela mesma. Bela, [POR DENTRO E POR FORA] é minha parceria no pensamento de que só temos uma vida e que todos os dias são únicos. Cresceu como pessoa, como profissional e todos os dias dá o seu melhor. Apaixonada por gatos, incensos e café, trouxe sua energia para preencher nossos dias.

Isabela Nunes – Estagiária de Jornalismo (Foto: Reprodução/Facebook)

LARISSA ORTIZ – JORNALISTA

Por fim, eu, Larissa Ortiz. Minha maior realização pessoal neste ano, foi a profissional. Foi um ano [MUITO] de aprendizado.

Larissa Ortiz – Jornalista (Foto: Reprodução/Facebook)

O que a Sabrina diz sobre mim?

Larissa Ortiz, é uma mulher furacão em forma de jornalista. Ela é verdadeira, ágil, uma ‘monstra’ da escrita, investigadora, tem gingado e é o sorriso que falta nos nossos dias. Já dizia Chorão, “ela tem força, ela tem sensibilidade, ela é guerreira, ela é uma deusa” ela é jornalista e amiga de verdade. Afinal, o furacão Larissa sabe noticiar como ninguém, e sabe repassar todo o conhecimento e a experiência que tem.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

PANDEMIA DA COVID-19

Guarapuava registra mais duas mortes por covid-19

MAIS FACILIDADE

Sanepar permite parcelamento em até 60 vezes para dívidas

LUTO

Morre nesta segunda (18) a empresária Aline Pires em Guarapuava

Comentários