Prefeito declara luto de três dias pela morte de ex-prefeito de Bituruna

Euvaldo também foi secretário municipal de saúde por 10 anos

Ex-prefeito Euvaldo (Foto: Ascom/Prefeitura)

O prefeito de Bituruna Claudinei Castilho decretou luto oficial de três dias por causa da morte do médico Euvaldo Lunardelli Camargo Filho, ex-prefeito do município. Euvaldo morreu na noite dessa quinta (25) em Porto União, vítima de câncer. Ele também foi secretário municipal de Saúde no mandato do então prefeito Valdir Rossoni, entre 1983 e 1988, cargo que exerceu por mais três gestões dos prefeitos João Nhoatto (1989-1992), Lauro Agustini (1993-1996) e José Constantino de Lara (1997-2000) onde ficou de 1997-1999. No mandato de 2001-2004, foi vice-prefeito do prefeito Remi Ransolin.

Foi diretor do Hospital São Vicente de Paula e também fez parte da diretoria da associação Hospitalar São Vicente de Paula, a qual era responsável pela administração do hospital. Em 1999 participou do início da Fundação Hospitalar São Vicente de Paula, hoje a Fundação Municipal de Saúde.

Claudinei Castilho lamentou a morte. “É com muita tristeza que recebemos a notícia do falecimento do médico ex-vice-prefeito de Bituruna, Euvaldo Lunardelli Camargo Filho, o qual muito contribuiu para o desenvolvimento da nossa cidade. Em nome da Prefeitura de Bituruna, do prefeito municipal, Claudinei de Paula Castilho e de todos os biturunenses, deixamos nossas mais sinceras condolências aos familiares e amigos por esta inestimável perda. Agradecemos sua participação no desenvolvimento da saúde municipal. Um grande profissional e que teve papel fundamental para alavancar as políticas de saúde do município”.

O velório é no cemitério Jardim da Saudade.

Relacionadas

CONVERSA ON-LINE

MIS-PR promove conversa comemorando o dia do patrimônio audiovisual

BOA AÇÃO

Grupo 'Duelo do Bem' começa as reformas no hospital Santa Tereza

TIRA-DÚVIDAS

TSE lança aplicativo para tirar dúvidas no WhatsApp nas eleições 2020

Comentários