Projeto Orquídea inicia na Comunidade São Luiz

A Secretaria de Políticas para as Mulheres iniciou o Projeto Orquídea na Comunidade São Luiz, Alto da XV, ontem (03). Por três meses, uma equipe vai promover curso de artesanato e orientar as participantes sobre cooperativismo, orçamento familiar e a Lei Maria da Penha. “O Projeto Orquídea é um meio de a secretaria estar nos bairros atendendo e incentivando as mulheres a adquirirem sua autonomia econômica. Quem já passou pelo projeto está vendendo seu artesanato nas feiras do produtor e garantindo uma renda”, ressaltou a vice-prefeita e secretaria da Mulher, Eva Schran.

“É a primeira vez que saio de casa para aprender alguma coisa. Quero fazer o artesanato, sentir o orgulho de pegar o meu trabalho e dizer que eu fiz”, falou a dona de casa Eva Aparecida Santos. Esse é um dos motivos que faz com que o pároco da comunidade, padre Itamar Turco, apoie e acolha a iniciativa da Secretaria da Mulher, “O projeto vai de encontro ao que fazemos na comunidade para ir além do aspecto religioso e oferecer oportunidade de aprendizado e também de contato com o poder público para que as pessoas conheçam seus direitos e fiquem cientes do seu papel na sociedade”.

As reuniões acontecem toda quarta-feira, das 14h às 16h30, no salão da Comunidade São Luiz. O Projeto Orquídea, que iniciou no ano passado, aconteceu no Distrito da Palmeirinha, Xarquinho e Primavera. Para participar não é preciso fazer inscrição prévia. Mais informações pelo telefone (42) 3622-1342.

Relacionadas

BOLETIM COVID

Saúde de Guarapuava já contabiliza mais de 1.100 casos de covid-19 em janeiro

EDUCAÇÃO

PR é exemplo de prevenção na aplicação da prova do Enem, diz ministro da Educação

INÍCIO DE VACINAÇÃO

Enfermeira é a primeira a receber a vacina no Brasil

Comentários