Projeto que incentiva doação de medula óssea tem parecer favorável na Assembleia

Curitiba – Uma vitória importante para quem está na fila de espera pela doação de medula óssea. A Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa deu parecer favorável ao Projeto de Lei 528/08, de autoria do deputado Artagão Junior, e que institui em todo o Estado a Semana de Conscientização do Doador de Medula Óssea.
O presidente da Comissão, deputado Ney Leprevost, elogiou a proposta apresentada pelo deputado Artagão Junior: “Esse procedimento não é muito divulgado e muitos deixam de ajudar por falta de informação. Orientar a população pode aumentar o número de doadores e salvar a vida de pacientes que sofrem na fila de espera”, justificou o parlamentar.
Para se ter uma ideia da necessidade de novos doadores, a chance de um paciente encontrar um doador compatível é de uma em um milhão. De 2000 até dezembro de 2005 foram realizados apenas 71 transplantes com doadores cadastrados no Redome (Registro Nacional de Doadores de Medula Óssea).
No Paraná existem 17 Centros de Hematologia Hemoterapia e do Paraná (Hemepar), onde as pessoas podem se cadastrar. Para isso, basta doar 10 mililitros de sangue, que segue para tipagem genética.
Para tornar-se doador, basta ter entre 18 e 55 anos, apresentar um documento de identidade e colher uma pequena amostra de sangue.
O transplante de medula óssea é a última chance de tratamento para milhares de pessoas que sofrem de câncer e outras doenças do sangue.

Relacionadas

VAI COMEÇAR

Câmara marca início do período ordinário para 3 de fevereiro

NOVO PRESIDENTE

Joe Biden toma posse como 46º presidente dos Estados Unidos

VACINAÇÃO

5ª Regional de Saúde terá 5.920 doses de vacina para 20 municípios

Comentários