Prudentópolis Futsal desiste de disputar a Série Prata do Paranaense

De acordo com a direção do Prudentópolis Futsal, a decisão foi tomada devido a perda de receita causada pela pandemia do novo coronavírus

Prudentópolis Futsal desiste de disputar a Série Prata do Paranaense (Foto: Fábio Rech)

O Prudentópolis anunciou que desistirá da disputa da Série Prata do Campeonato Paranaense de Futsal. É o segundo clube, durante a pandemia, a abandonar o futsal profissional no Paraná. Em maio, o Amigos da Bola, de Curitiba, que estrearia na Série Bronze, tomou a mesma decisão.

Em fevereiro deste ano, antes da pandemia do novo coronavírus, o Prudentópolis havia anunciado que mantinha boa parte do elenco de 2019, para brigar em 2020 pelo acesso à elite. No ano passado, o Prudentópolis Futsal foi o terceiro colocado na Série Bronze.

Entretanto, de acordo com o presidente do Prudentópolis Jemerson Cavali, nos últimos meses o clube perdeu progressivamente as receitas devido a pandemia. Conforme o mandatário, atualmente o Búfalo tinha uma arrecadação de apenas 40% do orçamento. Além disso, Cavali afirmou ainda que a falta de apoio efetivo por parte da Federação Paranaense de Futebol de Salão (FPFS) às equipes, também pesou na decisão.

Fundado no ano passado, o Prudentópolis disputou a Série Bronze, onde conquistou o 3º lugar entre 31 clubes e o consequente acesso. O clube participou da 1ª edição da Liga Paraná, onde foi eliminado nas oitavas de final pelo Marreco.

Abaixo, a nota na íntegra da diretoria do Prudentópolis

“É com grande tristeza que hoje – 13/07/20 – a Diretoria do Guarani Esporte Clube informa que a nossa equipe – PRUDENTÓPOLIS FUTSAL – se afastará do Campeonato Paranaense de Futsal – Série Prata/2020.

MOTIVOS:

Pandemia COVID 19: para salvaguardar a Saúde de todos os jogadores, comissão técnica, torcedores, enfim, todos os envolvidos direta e indiretamente no projeto. Considerando, também, as medidas mais restritivas para conter o avanço da Covid, dispostas no Decreto Estadual n. 4.942/2020, especificamente na definição de parâmetros mais rígidos de controle da circulação de pessoas e de funcionamento de atividades econômicas nos municípios.

* Financeiros:* A Equipe é mantida pelos patrocinadores, sócio torcedores e bilheteria. Como o campeonato ainda não iniciou e não tem data certa para iniciar, perdemos patrocínios, não arrecadamos o total com o sócio torcedor, não teremos bilheteria (caso se inicie o campeonato no próximo mês), bem como considerando a dificuldade de vir a arrecadar novos patrocínios (a grande maioria já nos avisou que não poderão arcar com o combinado), ficará inviável financeiramente a continuidade da participação da Equipe no campeonato, neste ano de 2020. Importante mencionar, também, a impossibilidade (até o presente momento) de retorno dos treinamentos.

Sendo assim, ficam os Atletas e Comissão Técnica liberados da para seguirem com sua profissão. Agradecemos imensamente pela dedicação, empenho de todos, torcendo que em 2021 possamos voltar a competir.”

CAMPANHA

Em pouco mais de um ano de existência, o Prudentópolis teve como único presidente o professor de Educação Física Jemerson Cavali. O treinador André Demczuk comandou a equipe desde a fundação até esta terça (13), data em que a diretoria anunciou o afastamento das atividades profissionais, abrindo mão da Série Prata do Campeonato Paranaense e da Liga Paraná.

Na terceirona do ano passado, o clube mostrou superioridade desde o início. Conquistou o acesso, sendo eliminado na semifinal para o Operário Laranjeiras, que tornaria-se o campeão. Além da Série Bronze, o Búfalo também participou da Liga Futsal Paraná, e foi desclassificado nas oitavas de final pelo Marreco.

Por fim, foram 26 jogos oficiais, com 23 vitórias, quatro derrotas e um empate. Um aproveitamento de 83%. O artilheiro do clube foi Valeta, com 23 gols, sendo 22 deles na Série Bronze e um na Liga Paraná.

(Colaboração: Juliam Nazaré)

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

NOVIDADE

Prédio antigo da catedral será transformado em santuário em Guarapuava

QUALIDADE DE VIDA

Cohapar vistoria 154 casas para famílias vulneráveis e de idosos em Prudentópolis

ÚLTIMO DIA

Pedidos de obras em túmulos podem ser feitos até hoje em Guarapuava

Comentários