Rally PR abre temporada 2019 no fim de semana em Guarapuava

Competição conta com seis provas neste ano e ainda vai passar por outras cinco cidades

(Foto: Ascom)

Chegou a vez do Campeonato Paranaense de Rally Regularidade 4×4, o Rally PR, iniciar a temporada de provas no Sul do Brasil. Neste sábado (30), a competição vai dar a largada para 2019 em Guarapuava.Ao longo do ano, os pilotos e navegadores ainda disputam o título paranaense nas cidades de Ponta Grossa, Castro, Apucarana, Ivaí e Curitiba.

A prova de Guarapuava também será o 1º Rally Terceiro Planalto, recebendo o nome da região onde a cidade se localiza. A competição inclui as categorias Master, Graduados, Turismo e a Turismo Light, sendo que esta última percorre um trajeto diferenciado em relação às demais.

De acordo com o diretor de prova, Vander Hirt (Fritão), em Guarapuava os competidores vão passar por reflorestamentos e pistinhas, onde serão desafiados em meio a lama e muitos balaios. No total, serão 133 quilômetros de prova divididos em três etapas.

“Aqui estamos com tempo seco e acho que não chove, mas ainda assim a prova vai passar por terrenos molhados e acredito que os carros vão levantar muito barro”.

Foto: Ascom)

O campeonato é promovido pelo Rally Paraná, com a supervisão da Federação Paranaense de Automobilismo (FPRA)

PROGRAMAÇÃO
Hoje (30), a largada do primeiro carro foi na Concessionária Honda Saikon às 9h01. A Secretaria de Prova abriu às 7h. A chegada do primeiro carro está prevista para às 13h no KM Bar e Restaurante no bairro Cedeteg. A cerimônia de premiação será às 16h30.

Outras informações estão no site: www.rallyparanaense.com. Confira o calendário completo de provas do Rally PR para 2019:

30/03 – Guarapuava
25/05 – Ponta Grossa
15/06 – Castro
17/08 – Apucarana
11 e 12/10 – Ivaí
30/11 – Curitiba

Relacionadas

SUSPENSÃO

TCE suspende licitação para coleta de lixo por 'irregularidade' em Irati

POLÊMICA

Em documentário, Papa Francisco defende união civil entre homossexuais

DIGNIDADE

Idosos de Pinhão terão Centro de Convivência da Terceira Idade

Comentários