Saúde de Guarapuava confirma 17 novos casos de covid-19

Nesta semana, o Governo do Estado voltou a decretar medidas restritivas. Está definido o 'toque de recolher' em nível estadual

Medidas restritivas estão em vigor para tentar controlar novos casos (Foto: Reprodução)

Guarapuava registrou neste domingo (6), 17 novos casos de covid-19. Desse modo, já são 3.333 casos no município. Na tarde da sexta (4), o governador Ratinho Junior fez um apelo à população para que sejam cumpridas as medidas estabelecidas para o controle do avanço da doença. Somente nos três primeiros dias de dezembro, 263 novos casos de covid-19 foram registrados.

Em novo boletim, a Saúde aponta que 736 casos estão ativos. Ou seja, são pessoas que tem grande possibilidade de contaminação. Contudo, há registro de 2.560 pacientes recuperados. Ainda, 431 pessoas estão sob investigação e 5.412 casos estão descartados. Por fim, 37 pessoas já morreram por conta da doença no município.

Além disso, foi em novembro que a 5ª Regional de Saúde, que tem sede em Guarapuava, perdeu o posto de regional com o menor índice de contaminação, levando em consideração o número de habitantes. A Regional de Guarapuava ocupava o posto desde o início da pandemia. Até terça (3), a Regional com menor índice era a 6ª Regional de União de Vitória.

O recorde de novos casos confirmados foi no dia 2 de dezembro, quando 124 pacientes tiveram resultado positivo. Além disso, em novembro, a doença chegou ao sistema carcerário de Guarapuava.

NOVAS MEDIDAS

Nesta semana, o Governo do Estado voltou a decretar medidas restritivas para conter o avanço da doença. Desse modo no primeiro dia do mês ficou definido o ‘toque de recolher’ em nível estadual. Na última terça (3), definiu novas regras sobre eventos e confraternizações.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

MAIS UMA MORTE

Guarapuava já soma 70 mortes em decorrência da covid-19

NOVIDADE

Grupo AD e Shopping Cidade dos Lagos lançam a plataforma 'AlugueOn'

DOAR SALVA VIDAS

Hemocentro de Guarapuava está precisando de doações de sangue

Comentários