Saúde informa 100% de leitos ocupados no HR de Guarapuava

O Hospital Regional de Guarapuava tem 25 leitos de UTI e 60 de enfermaria. Em Irati, a Santa Casa também anunciou 100% de ocupação

Ocupação de UTI está em 100%(Foto: Geraldo Bubniak/AEN)

O último boletim da Secretaria de Saúde do Estado informou que o Hospital Regional de Guarapuava está atualmente com 100% dos leitos de UTI ocupados. Além disso, a ocupação dos leitos de enfermaria é de 35%. Atualmente, a unidade hospitalar conta com 25 leitos de UTI e 60 de enfermaria.

A lotação das unidades específicas para atendimento à covid-19 também afeta outros municípios da Região. Em Irati, pela terceira vez, a Santa Casa informa 100% de ocupação. Além disso, em 18 de agosto, a unidade foi obrigada a bloquear leitos depois de confirmações em massa dos colaboradores.

Em Laranjeiras do Sul, o hospital responsável pelo atendimento dos pacientes com covid-19 é o Instituto São José. De acordo com o boletim da Sesa, a ocupação de leitos de UTI está em 90%. Além disso, em relação aos leitos de enfermaria, a Secretaria aponta que a ocupação é de 45%.

DECRETRO

O Governo do Estado prorrogou as medidas de restrição de mobilidade em todo o Paraná. De acordo com o Governo, a medida que já está valendo a partir dessa quinta (7) segue até 31 de janeiro. Entretanto, poderá ser prorrogado de acordo com o cenário epidemiológico da covid-19. Conforme o Governo, o relatório avalia a taxa de reprodução do vírus. Assim como a capacidade de leitos de UTI exclusivos para o atendimento de pacientes infectados.

Guarapuava, segundo o prefeito Celso Góes, segue as determinações estaduais. “Estamos seguindo o decreto do Estado”. Portanto, as restrições no município também estão prorrogadas até o fim do mês.

Conforme o decreto nº 6.599, assinado nessa quinta (7), estão mantidas as restrições de circulação e distanciamento social. Essas medidas estão em vigor desde o início de dezembro. Trata-se de prevenção contra a propagação do coronavírus. Além de conter o aumento das infecções no Paraná.

Entretanto, o novo texto, porém, amplia de 10 para 25 o número de pessoas que podem participar de confraternizações e atividades presenciais. Exclui-se a contagem crianças de até 14 anos. Todavia, continua mantido o “toque de recolher”, das 23h às 5h. Não estão incluídos nesta restrição serviços essenciais como saúde e segurança pública.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

MAIS FACILIDADE

Sanepar permite parcelamento em até 60 vezes para dívidas

LUTO

Morre nesta segunda (18) a empresária Aline Pires em Guarapuava

VAMOS PARTICIPAR?

Usina de Conhecimento abre inscrições para oficinas em Guarapuava

Comentários