Severino diz que prazo para defesa de deputado não acaba hoje; Fernando Carli encaminha carta ao PSB

Guarapuava – O presidente do PSB estadual, Severino Araújo (foto), disse à Rede Sul de Notícias há pouco (16h50min) que está havendo um equívoco por parte da imprensa em relação ao prazo para que o deputado Fernando Carli Filho (PSB)se pronuncie contra a possível expulsão do partido.
Severino observou que o caso possui dois prazos a serem cumpridos. Um deles é o pedido de cassação do mandato que foi solicitado pela Família Yarede e que tramita na Comissão de Ética da Assembléia Legislativa do Paraná.
Outro está em trâmite dentro do PSB e que trata da expulsão de Carli Filho das hostes pessebistas.
“Nós fizemos a notificações extra-judiciais via AR (Correios) e pelo Cartório do 1o Ofício em Curitiba. ESte último o prazo expirou no dia 25 para a entrega ao deputado, portanto, ainda há o prazo para o retorno do Cartório – se entregou ou não – ao Partido. Esse prazo acaba no dia 6 de junho”, explicou.
Em ambas as notificações, segundo Seeverino Araújo, só existe a validade a partir do momento em que o destinatário recebe a notificação.
Severino confirmou, porém, que a tendência do PSB é expulsar o deputado dos quadros do partido. “Existe uma comoção nacional e tenho a responsabilidade sobre 25 mil filiados. Entre a amizade que nutro pelo deputado e por seu pai e o dever que tenho como presidente de uma agremiação política, fico com o dever”, afirmou.
O presidente estadual o PSB disse que o Partido não recebeu nehuma correspondência oficial por parte do deputado – que continua internado no Hospital Albert Einstein em São Paulo – e que não tem conhecimento de que a Família Carli tenha constituído advogado para tratar dessas questões políticas.
Severino, porém, revelou à Rede Sul de Notícias que o prefeito licenciado de Guarapuava, Fernando Ribas Carli (PP), pai do deputado, encaminhou uma carta ao PSB, cujo recebimento aconteceu na tarde de hoje, quinta-feira. Severino não quis revelar o teor para não passar por cima da Comissão de Ética do PSB, mas garantiu que o conteúdo do documento será revelado nos próximos dias.
“Não veio nada oficial, nenhuma procuração para que o pai seja o preposto. É uma correspondência simples”, afirmou.

Relacionadas

VAI COMEÇAR

Câmara marca início do período ordinário para 3 de fevereiro

NOVO PRESIDENTE

Joe Biden toma posse como 46º presidente dos Estados Unidos

VACINAÇÃO

5ª Regional de Saúde terá 5.920 doses de vacina para 20 municípios

Comentários