SPC: Inadimplência mantém-se estável em fevereiro

Guarapuava – A inadimplência manteve-se, por mais um mês, estável em Guarapuava, diferente do crescimento observado em nível nacional. No mês passado, a taxa observada foi de 3,4%, inferior ao registrado em igual período do ano anterior. Em janeiro, a taxa também havia sido de 3,4%. Os dados são do SCPC (Sistema Central de Proteção ao Crédito).
O total de consultas em fevereiro foi de 16.743. As inclusões no sistema somaram 1.519 e as exclusões 847. No entanto, como já havia sido observado em janeiro, o número de consultas caiu novamente, dessa vez 13%, o que mostra redução no movimento do comércio. “O consumidor está realmente mais cauteloso, bem como as empresas”, afirmou o diretor do SCPC, José Divonsil da Silva.
Outro fator fundamental que tem contribuído para manter a inadimplência estável é qualidade do serviço oferecido pelo SCPC, segundo o diretor. “O SCPC é indispensável nos dias de hoje, pois não deixa passar nada, caso tenhas as informações”.
O SCPC, de acordo com Silva, é a ferramenta mais eficiente para amenizar o risco na venda a prazo. Isso porque o sistema está interligado à Renic (Rede Nacional de Informações Comerciais), um banco de dados com mais 150 milhões de registros de inadimplentes de todo o país.

Fevereiro de 2009
Número de consultas: 16.743
Número de inclusões: 1.519
Número de exclusões: 847

Da assessoria

Relacionadas

PROTOCOLO DE SEGURANÇA

Confirmação de covid-19 em parte de equipe fecha Guaraprev

DESTAQUE

Adelmo Klosowski recebe título de "Prefeito Amigo da Criança"

MELHORIA

Prefeitura e Sanepar firmam convênio que beneficia 700 famílias

Comentários