V Festival Gastronômico fomenta consumo de carne de cordeiro

O V Festival Gastronômico Carne de Cordeiro, segundo a vice-presidente da Cooperaliança e coordenadora do projeto ovinos, Adriane Azevedo,  superou as expectativas em 2012 tanto em qualidade como em público. “O evento nos surpreendeu mais uma vez. O jantar estava ótimo, observamos os convidados comentando que foi o melhor até agora. Isso quer dizer que estamos superando cada vez mais em qualidade nos pratos. Além disso, foi a edição que os ingressos acabaram mais rápido. A gente sentiu que o evento calendarizou mesmo e houve muita procura que, no final, acabamos aumentando a capacidade do festival para 100 pessoas a mais”.

De acordo com a Assessoria de Comunicação do Sindicato, essa foi a maior edição do Festival Gastronômico, reunindo 900 pessoas de Guarapuava e região na sexta-feira (09). 

Além da diversidade de pratos, após o jantar foi realizado um show de stand-up com o humorista Juca Bala que animou os convidados.

Nas mesas de jantar havia um pequeno livro de receitas que ensinava os convidados a fazer os pratos em casa. De acordo com Adriane, a intenção é que as pessoas possam fazer a receita em casa. “Para fomentar a carne de cordeiro no dia a dia do guarapuavano fora do churrasco, que é o tradicional”.

Além do incentivo ao consumo da carne, o evento é, também, uma oportunidade de divulgação e de aumentar a visibilidade da cooperativa. “O maior objetivo é o fomento da venda da carne, mas também divulgar a cooperativa tanto na produção quanto no consumo”.

Adriane ressalta a importância da parceria com o restaurante Casa Vecchia, em especial, ao chef Kiko Dalla Vechia. “Nós achamos de extrema importância essa parceria porque é tranquilo trabalhar com eles. São sérios e comprometidos. É um evento que a gente entrega para eles e com tranquilidade sabendo que tudo vai ser da melhor forma. Confiamos mesmo. Não nos preocupamos com os ingredientes usados. Fornecemos a carne, os outros produtos fazem parte das receitas e são de excelente qualidade”.

A vice-presidente da cooperativa fala sobre a expectativa para o ano que vem e a possibilidade de ampliar ainda mais o festival. “Já estamos pensando em aumentar a capacidade para mil pessoas, já que este ano faltou ingresso. Estávamos receosos em aumentar o número, mas já vimos que dá para fazer”.

O Festival tem o apoio do Sindicato Rural de Guarapuava, Pionner, Cooperativa Agrária, Seven Mitsubishi, Agrícola AGP, Faculdade Guairacá, Agrobrasil Currais, Guará Campo, Sociedade Rural de Guarapuava, Tortuga, Cereal, Sicredi.

Relacionadas

AUMENTO NOS CASOS

Guarapuava atinge marca de 806 casos confirmados de covid-19

OLHO VIVO

OAB-Paraná ingressou com a Ação Civil Pública contra ‘O Solucionador'

SONHO CONCRETIZADO

Ratinho Jr. entrega primeiro condomínio exclusivo para idosos no Paraná

Comentários