Velório de Filomena vai começar por volta das 17h na Capela Batel

Filomena foi vítima de atropelamento neste domingo. Autor está sendo procurado pela polícia e ainda não há informações oficiais sobre a sua identidade

Filomena Schepansky (Foto: Reprodução/Paraná Central)

O início do velório de Filomena Schepansky, 70 anos, vítima de atropelamento fatal na Avenida Moacyr Júlio Silvestri, deve começar por volta das 17h deste domingo (12). De acordo com a Central de Triagem, será na Capela Batel. O sepultamento está marcado para às 13h30 desta segunda (13), no cemitério Santa Terezinha.

Conforme a Polícia Militar, testemunhas do acidente que ocorreu por volta das 7h30 deste domingo (12),  um veículo BMW/M3 Sedan, transitava em alta velocidade pela avenida Moacyr Júlio Silvestri no sentido Centro da cidade.

Na avenida ainda marcas da frenagem (Foto: Larissa Ortiz/RSN)

OMISSÃO DE SOCORRO

Porém, o motorista perdeu o controle do veículo e atropelou Filomena que caminhava no canteiro da avenida. Ela estava acompanhada por outra senhora, de 79 anos de idade. Ambas iam à missa na Matriz da Igreja Santa Terezinha.

A morte violenta provocou revolta e comoção, já que Filomena era uma pessoa ligada a movimentos católicos e enfermeira aposentada muito conhecida na cidade.

Ainda segundo relato de testemunhas para a PM, logo após, o condutor desceu do veículo, olhou a senhora machucada, e fugiu em seguida, sem prestar socorro. Populares chegaram a fotografar o suspeito. Filomena estava lúcida, porém com fraturas expostas nas duas pernas. Ela morreu no hospital após hemorragia interna.

Policiais na casa do suspeito (Foto: Leitor/Portal RSN)

Embora nas redes sociais circulem fotos e o nome do suposto autor do atropelamento, o Portal RSN ainda não conseguiu confirmação oficial sobre a autoria.

Porém, a Polícia Militar confirmou que esteve na casa do suspeito após o acidente. Vizinhos também disseram que a polícia esteve na casa, mas que o suspeito não foi visto. O RSN tentou contato com familiares, mas não conseguiu obter maiores informações. A princípio, conforme informações preliminares, a família se encontra em Balneário Camboriú (SC).

Leia outras notícias no Portal RSN.

 

 

Relacionadas

MÚSICA

Abertas as inscrições para o maior encontro de bateristas da Região

FAMILIARES EM GUARAPUAVA

CRAS de cidade mato-grossense busca familiares de Pedro Costa

LUTO

Faleceu aos 87 anos em Guarapuava, 'Seo Lazinho'

Comentários