Agricultura investe R$ 46 milhões em estradas na Região de Guarapuava

Em Guarapuava, serão gastos R$ 2 milhões na implementação de pedras irregulares em 7,37 quilômetros na Estrada Benedito de Paula Louro

Em Prudentópolis, as melhorias nas estradas rurais tiveram início há poucos dias (Foto: AENPr)

Depois de Prudentópolis e outros municípios da Região terem recebido dinheiro para investir em pavimentação e readequação de estradas rurais, nesta sexta (31) o Governo do Estado anunciou novos investimentos na Região. Desta vez a readequação na área rural será feita em estradas do interior do município de Guarapuava.

Desse modo, a Secretaria da Agricultura e do Abastecimento estima gastar R$ 46 milhões em 59 convênios para pavimentação ou readequação de estradas rurais em todas as Regiões do Estado. Assim, já foram contemplados 48 municípios dentro dessa estratégia de melhorar o escoamento da produção rural e o cotidiano das famílias que vivem no campo, totalizando cerca de 185 quilômetros.

Conforme a Agência Estadual de Notícias, as obras na regional de Guarapuava envolvem os municípios de Goioxim, Guarapuava e Prudentópolis. Em Goioxim, as obras já começaram e foi investido R$ 1,6 milhão para pavimentação de seis quilômetros nas comunidades de São Pedro e Cochos. De acordo com as informações, o município tem uma área de 700 quilômetros quadrados, com baixa densidade na ocupação territorial. Além disso, a população está dividida entre o distrito-sede e outros distritos. Por isso, 382 famílias distribuídas em 11 assentamentos e 16 comunidades precisam de acessos integrados.

Já em Guarapuava serão investidos R$ 2 milhões na implementação de pedras irregulares em 7,37 quilômetros na Estrada Benedito de Paula Louro – Caminhos de São Francisco da Esperança. Além do acesso ao frigorífico da Cooperaliança. Por fim, em Prudentópolis ainda há um trecho de pavimentação na comunidade de Papanduva de Cima. Os valores gastos estão estimados em R$ 575 mil e as obras iniciaram há apenas alguns dias.

INICIATIVA

Ainda de acordo com o Governo do Estado, as iniciativas fazem parte do Programa Estradas Rurais Integradas aos Princípios e Sistemas Conservacionistas – Estradas da Integração. Tal iniciativa é gerenciada pelo Departamento de Desenvolvimento Rural Sustentável (Deagro).

Desse modo, o programa deve ser ampliado com o financiamento de R$ 1,6 bilhão que o Governo do Estado captou em um consórcio de bancos. Pelas projeções do projeto de lei, cerca de R$ 100 milhões serão destinados a obras de reestruturação nas vias do campo. O governador Carlos Massa Ratinho Junior destacou que o Paraná tem como estratégica apostar nas vocações. E, o agronegócio é responsável por cerca de 35% do Produto Interno Bruto (PIB) do Estado.

“Essas intervenções na malha rural preparam o Paraná para crescer e atrair novos parceiros para investimentos, dentro da nossa estratégia de ser um grande hub logístico da América do Sul”.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

LUTO

Irati confirma sexta morte por covid-19 nesta quinta (13)

INVESTIMENTO

Primeiro moinho da Agrária inspira Centro de Eventos em Entre Rios

POLÍTICAS PÚBLICAS

Secretaria da Mulher anuncia nova parceria para o combate à violência

Comentários