Aliel propõe auxílio aos profissionais da Saúde de pequenas empresas

Projeto de Aliel também beneficia profissionais terceirizados e que precisam se afastar do trabalho por causa da pandemia

Aliel propõe auxílio aos profissionais da Saúde (Foto: Jair Marques)

O deputado federal Aliel Machado (PSB) apresentou Projeto de Lei para criar um auxílio aos profissionais que trabalham como terceirizados. De acordo com o projeto, são autônomos ou que trabalham em pequenas empresas de até três funcionários. Entretanto, poderão precisar se afastar do trabalho por algum motivo relacionado à pandemia. 

Conforme o deputado, esses profissionais acabam ficando sem qualquer tipo de proteção social ou previdenciária. “Por conta de todo esse contexto, queremos instituir o pagamento de um auxílio em caso de afastamento por motivo de saúde relacionado à prestação de serviços no período de calamidade, ainda que este tenha sido preventivo”.

De acordo com o projeto, uma das caraterísticas da covid-19 é a alta taxa de contaminação nosocomial, o que vulnerabiliza ainda mais os profissionais da saúde. Verifica-se que a renda destes poderá ser comprometida desde a apresentação de sintomas da doença. Assim, serão obrigados a se afastar sem o recebimento de vencimentos, para o caso daqueles terceirizados.

“Esses trabalhadores, pela inquestionável relevância de suas atividades, merecem especial atenção e amparo de toda a sociedade, inclusive para que retornem à linha de frente com a maior brevidade e qualidade de vida possíveis”.

PROFISSIONAIS INFECTADOS

De acordo com um levantamento do Ministério da Saúde, divulgado no dia 12, 169 profissionais de saúde morreram infectados pela covid-19 e mais de 83 mil foram infectados. O número é superior aos registrados nos Estados Unidos e Reino Unido, países com alta disseminação da doença.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

CAMPANHA

Campanha das eleições municipais começa neste domingo (27)

FOTOGRAFIA

Estudantes têm até 1º de outubro para inserir foto no cadastro do Enem

VOLTA AO TRABALHO

Após reuniões sindicais, greve dos Correios acaba oficialmente

Comentários