Atletas de Guarapuava trazem 19 medalhas de ouro do Mundial de Jiu Jitsu

Ricardo Prasel conquistou ouro em todas as categorias, além do cinturão por pontuar mais entre 1,8 mil atletas

Ricardo Prasel, campeão absoluto do Mundial (Foto: arquivo pessoal/Prasel)

Atletas de Jiu Jitsu, de Guarapuava, subiram no podium 28 vezes para receber medalhas em várias categorias no Campeonato Mundial da Federação CBLP,  num evento que atraiu mais 1,8 mil atletas, em Fortaleza, nesse final de semana. Ricardo Prasel, da equipe Alemão Brothers, foi o atleta que mais ganhou medalhas de ouro.

“Fui campeão em todas as categorias possíveis e ainda ganhei o cinturão do evento. Sou faixa marrom e ganhei nas lutas com e sem quimono, peso e absoluto”, disse, por telefone, ao Portal RSN nesta segunda feira (27). Da mesma equipe, Peter Keler foi campeão mundial adulto, sem quimono, faixa azul, enquanto Nicolas Keler, medalhou em terceiro lugar na categoria com quimono infanto-juvenil.

Equipe Chekmat (Foto: arquivo pessoal/Cubas)

A equipe Checkmat Guarapuava/Covs Team, sob a responsabilidade do professor Cubas, levou 12 atletas guarapuavanos para o campeonato mundial e trouxe 22 medalhas, sendo 14 de ouro, ou seja, 14 de campeões mundiais.

Armando Crissi saiu do ringue como campeão mundial no Campeonato da Federação CBLP, na categoria pesadíssimo sem kimono. O guarapuavano também subiu no podium como campeão absoluto Nogi, dobrando com o parceiro de equipe, João Gabriel Ferraz, além de ter sido o vice-campeão mundial com kimono, na categoria pesado.

Este é o primeiro título mundial que o guarapuavano conquista durante seis anos de treinamento e participações em competições. Ele é o campeão paranaense da modalidade, além de já ter ganho competições internacionais.

“Eu nunca tinha ganho um mundial. Em 2017, fiquei em segundo e fazia um ano que estava parado, por causa de um acidente. Esta foi a melhor volta por cima que Deus poderia me dar”, disse o melhor do mundo ao Portal RSN.

Cleverson Palmeirinha (Foto: arquivo pessoal /Antunes)

Além de Crissi,  também foram campeões: Lucas Marconato (até oito anos), Vitor Kiriam (campeão sem kimono, infanto juvenil, e segundo com kimono), Jonathan Machado (campeão juvenil nas categorias peso e absoluto e campeão com quimono, conquistando quatro medalhas de ouro, aos 15 anos de idade), João Gabriel Ferraz (campeão peso e absoluto adulto, faixa roxa, sem kimono e em segundo com kimono), Cleverson Palmeirinha (primeiro com kimono, campeão sem kimono, faixa roxa, e segundo com kimono, na categoria absoluto), Cristiano Cubas (campeão com e sem quimono na faixa preta sênior), Ana Clara Cubas (terceiro lugar juvenil), Paulo Eduardo Cubas (segundo infantil) e Leonardo Leal Sampaio (terceiro lugar juvenil).

Relacionadas

FGTS NA CONTA

Caixa credita saque emergencial do FGTS para nascidos em julho

SOL E CHUVA

Frente fria que se aproxima, muda o tempo a partir de quarta (12)

COVID-19

HR de Guarapuava registra oito mortes desde início dos atendimentos

Comentários