Caminhão de Guarapuava se envolve em acidente na BR-373

Uma pessoa morreu no local e outras duas ficaram feridas. A batida envolveu dois caminhões e um ônibus em Imbituva

Uma pessoa morreu e duas ficaram feridas (Foto: Ascom/PRF)

Mais um grave acidente envolvendo caminhões foi registrados nas rodovias da Região. Dois acidentes simultâneos envolveram dois caminhões e um ônibus da Princesa dos Campos. O acidente aconteceu na madrugada desta terça (28) na BR-373 em Imbituva.

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, o caminhão o caminhão VW/24.280, de Londrina, seguia sentido Imbituva/Ponta Grossa, quando invadiu a pista contrária. Assim, o motorista do caminhão FORD/CARGO 2429 L, placas de Guarapuava, tentou desviar para o acostamento. Mesmo assim os veículos colidiram lateralmente.

Na sequência o caminhão VW bateu de frente com um ônibus de viagem da empresa Princesa dos Campos, linha São Paulo/São Miguel do Oeste. O motorista do caminhão, de 43 anos morreu no local. O corpo foi encaminhado para o Instituto Médico Legal de Ponta Grossa, e ainda não foi identificado oficialmente.

Ainda conforme informações da PRF, o condutor do ônibus ficou em estado grave e foi encaminhado para o Hospital Santa Tereza em Guarapuava. Um dos passageiros do ônibus sofreu lesões leves foi encaminhado para UPA do Batel. As causas estão sendo apuradas.

OUTRAS OCORRÊNCIAS

Entre a última quarta (22) e esta terça (28) foram registradas cinco ocorrências envolvendo caminhões. Na quarta (22) três pessoas morreram na BR-277 na Serra da Esperança, em Guarapuava. Um caminhão ficou sem freio, e desceu desgovernado atingindo dois veículos.

Já na quinta (23), Luiz Carlos Lima, 37 anos, morreu depois de tombar um caminhão carregado com batatas, também na BR-277. Já no sábado (25), um motorista de caminhão teve problemas mecânicos com o veículo na Serra da Esperança, ele não ficou ferido, mas a cabine do caminhão ficou destruída pelas chamas.

No domingo (26), outro motorista de Guarapuava morreu. Vanderlei Schupchek Júnior, 26 anos, conhecido como ‘Melancia’, tombou com um caminhão carregado de batatas na PR-445. Ele morreu no local.

Já na tarde dessa segunda (27) um caminhão ficou sem freios numa das ruas de Guarapuava. O caminhão acabou caindo dentro do Lago no bairro Batel.

O ônibus parou em meio da vegetação às margens da pista. A cabine do caminhão ficou destruída e medicamentos espalhados na pista (Foto: Ascom/PRF)

LENTIDÃO

Não podemos afirmar que tais ocorrências estejam atreladas à falhas mecânicas dos veículos, ou diretamente na desatenção e imprudência dos motoristas. Entretanto, uma das possíveis causas apontadas por leitores e usuários da rodovia BR-277, especificamente para os acidentes na em tal rodovia, é a falta de duplicação.

Na semana passada, leitores registraram longas filas de veículos na rodovia. Além isso, relataram esperas de mais de 40 minutos por conta de obras de manutenção na BR-277 na Região de Guarapuava. A Concessionária Caminhos do Paraná, que administra o trecho, informou que as filas foram causadas por obras de manutenção exigidas pelo Departamento de Estradas e Rodagem (DER).

No site da concessionária, ainda consta um alerta de lentidão em diversos pontos da rodovia, inclusive na Serra da Esperança, nesta terça (28), por conta das manutenções.

*Os motoristas que trafegam no local devem redobrar a atenção. 

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

COVID-19

Irati confirma 18ª morte por covid-19 nesta quarta (2)

OPORTUNIDADE

DER busca empresa para assumir linha entre Guarapuava e Inácio Martins

EM FAMÍLIA

Vereador eleito em Irati, Nego Jacumasso, está internado com covid-19

Comentários