Campo Real lança Plano Solidário Emergencial

As mensalidades de maio, junho e julho poderão postergadas para o final do curso, por meio do Plano Solidário Emergencial

Plano deve auxiliar no pagamento das mensalidades (Foto: Ascom/Campo Real)

O Centro Universitário Campo Real anunciou que vai apresentar alternativas para que o impacto da pandemia da Covid-19 não cause transtornos. De acordo com a assessoria da instituição, a necessidade de debater o assunto se deu por conta dos novos hábitos, formas de trabalhar, estudar, de se relacionar e até mesmo de pensar que toda a situação nos trouxe.

Ainda conforme a assessoria, a primeira preocupação concentrou-se nas aulas e atividades por meio de metodologias diferenciadas, utilizando tecnologia e ambientes virtuais de aprendizagem. Isso ocorre com os professores conduzindo as suas aulas em formato virtual. Dessa maneira, garantimos que o semestre letivo não será perdido, conseguindo assim finalizá-lo.

Além disso, a segunda preocupação, visando contribuir com o esforço coletivo para enfrentar a pandemia e compreendendo as dificuldades da maioria dos acadêmicos e seus familiares. Ainda as mensalidades de maio, junho e julho serão postergadas para o final do curso, por meio do Plano Solidário Emergencial.

Para tanto, é preciso que o estudante:

  • Esteja regularmente matriculado na instituição e com as mensalidades de janeiro a abril quitadas;
  • Comprometa-se em assistir às aulas e desenvolver as atividades solicitadas;
  • De maneira voluntária e dentro de suas possibilidades, opte por adiar para o término do curso as mensalidades de maio, junho e julho de 2020. Para isso, é necessário entrar no Portal do Aluno, localizar o ícone do Plano Solidário Emergencial, ler e aceitar o termo de adesão.

Os acadêmicos que aderirem ao Plano Solidário Emergencial terão as mensalidades de maio, junho e julho alocadas para o final do curso.

Por fim, a terceira preocupação está centrada naqueles estudantes que querem continuar pagando suas mensalidades ao decorrer dos meses de maio, junho e julho. Esses terão 20% de desconto na pontualidade, não precisando aderir ao Plano Solidário Emergencial.

Confira a fala do reitor do Centro Universitário Campo Real, professor Edson Aires da Silva:

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

NOVOS CASOS

Saúde confirma dois novos casos de covid-19 em Guarapuava

CALORÃO EM GUARAPUAVA

Altas temperaturas marcam o 1º fim de semana da Primavera

COM SEGURANÇA

Ação educativa 'Café na Passarela' ocorreu nesta sexta (25) na BR-277

Comentários