Energisa iniciou construção das subestações de energia em Guarapuava

A construção faz parte do investimento de cerca de R$ 75 milhões no 1º semestre de 2020. Além disso, o S.O.S Airton Haenisch recebeu doações

Energisa iniciou construção das subestações de energia em Guarapuava (Foto: Arquivo/RSN)

A Energisa Sul-Sudeste investiu R$ 75 milhões nos primeiros seis meses deste ano na área de concessão da distribuidora. De acordo com a empresa, o volume de investimentos foi maior do que os feitos nos últimos anos. Atualmente, a Energisa Sul-Sudeste atende mais de 800 mil clientes, divididos em 82 cidades como Guarapuava.

Conforme o diretor-presidente da Energisa Sul-Sudeste, Gabriel Alves Pereira Junior, a prioridade é fornecer um serviço melhor aos clientes e garantir uma oferta de energia permanente e segura, levando conforto e bem-estar à população.

“Estamos atentos e atuando com foco para vencermos esse momento tão difícil que a pandemia nos trouxe. O cenário atual é um novo desafio para o setor elétrico. Por isso, seguimos à risca diversos protocolos para garantir a saúde e a segurança dos nossos profissionais, seguimos com os nossos trabalhos de melhoria e modernização para levar energia elétrica com qualidade para os nossos clientes”.

PRIMEIROS SEIS MESES

Nos primeiros seis meses do ano, a Energisa fez diversas iniciativas que visam garantir e melhorar o fornecimento de energia de todas as localidades atendidas pela empresa, como obras de expansão de redes para ligação de novos clientes e melhorias no sistema elétrico para diminuir interrupções do fornecimento de energia.

A distribuidora também deu início a construção das subestações de energia e linhas de distribuição de alta tensão de 138 mil volts em e Guarapuava. As construções desse importante empreendimento visa garantir uma nova fonte de suprimento de energia para suportar o crescimento e desenvolvimento das cidades de Presidente Prudente, Extrema e Guarapuava.

As obras, que seguem as modernas técnicas de construção, devem ser finalizadas em novembro de 2020 e receberam investimentos de mais de R$ 38 milhões, beneficiando mais de 100 mil clientes já este ano.

QUALIDADE

Com relação aos indicadores de qualidade do fornecimento, nesses primeiros seis meses do ano de 2020, a Duração Equivalente de Interrupção por Unidade Consumidora foi de 5,05 horas – uma redução de 23% em relação ao mesmo período do ano anterior. Já a Frequência Equivalente de Interrupção por Unidade Consumidora foi de 4,05 vezes, o que representa uma melhora de 16% na mesma comparação.

A Energisa Sul-Sudeste fechou esse semestre como a primeira empresa no ranking da Associação Brasileira das Distribuidoras de Energia Elétrica (Abradee), na categoria das distribuidoras com mais de 500 mil consumidores. Além disso, com o menor índice de horas que o cliente ficou sem energia. Por fim, como a terceira empresa com o menor índice de vezes que o consumidor ficou sem energia.

INVESTIMENTOS

De acordo com a Energisa, o grupo continuou com os investimentos, que somaram R$ 1,386 bilhão nos primeiros seis meses deste ano, sendo R$ 671,5 milhões no segundo trimestre. Os recursos foram destinados, principalmente, para às 11 distribuidoras do Grupo Energisa em todo o país, que receberam, neste trimestre, R$ 568,4 milhões do montante total, a fim de promover a expansão e o reforço da rede e a melhoria contínua da qualidade da energia.

ENERGIA DO BEM

Conforme informações repassadas pela Energisa, foram destinados mais de R$ 8 milhões em diversas frentes que estão sendo organizadas em parceria com organizações com o objetivo de proteger os colaboradores e clientes, além de assegurar a prestação dos serviços essenciais à sociedade.

Para as localidades atendidas pela Energisa Sul-Sudeste, foram entregues mais de 1.700 itens de higiene pessoal, limpeza e alimentação, incluindo a instituição guarapuavana S.O.S Airton Haenisch.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

PANDEMIA

Saúde divulga Nota Orientativa sobre prevenção de variantes do coronavírus

MAIS CHUVA

Última semana de janeiro será de tempo instável em Guarapuava

ALERTA

Enxurradas afetam mais de 27 mil pessoas em Prudentópolis

Comentários