Escolas de Guarapuava receberão cerca de 500 notebooks

No Paraná, apenas Guarapuava e Campo Mourão serão beneficiadas. Em Guarapuava o projeto atinge 100% das escolas estaduais e 50% escolas municipais

Escolas de Guarapuava receberão cerca de 500 notebooks (Foto: Secom/Prefeitura de Guarapuava)

Escolas municipais e estaduais de Guarapuava vão receber cerca de 500 notebooks do Programa Educação Conectada. Os mais de R$ 5 milhões em tecnologia na educação vão beneficiar também o município de Campo Mourão. Apenas os dois municípios do Paraná foram contemplados. Assim, o projeto vai atingir 100% das escolas estaduais e 50% escolas municipais em área urbana de Guarapuava, que foram sorteadas pelo BNDES por meio da Loteria Federal.

As escolas fazem parte de um projeto capitaneado pelo banco, com apoio das Fundações Lemann e Itaú Social e, do CIEB (Centro de Inovação para a Educação Brasileira), e que dará suporte para o fortalecimento do uso da tecnologia como ferramenta pedagógica nas escolas.

De acordo com a secretária de Educação e Cultura, Doraci Senger Luy, inovações tecnológicas devem ser entendidas como instrumento auxiliar à prática pedagógica, favorecendo o aprendizado e o desenvolvimento dos alunos.

“As inovações contribuem para intensificar e fortalecer a interação professor-aluno e a relação aluno-aluno. Pensando nisso, temos buscado sempre a disponibilização de ferramentas que tragam qualidade ao trabalho realizado nas salas de aulas pelos professores e tornando a tecnologia parte do currículo das Escolas”.

EQUIPAMENTOS

Por meio desse projeto, Guarapuava irá receber diversos equipamentos, softwares e formação de professores e gestores das escolas participantes. No total, as escolas públicas da cidade receberão 497 notebooks educacionais, gabinete de armazenamento, recarga de notebooks e fones de ouvido.

Além disso, serão disponibilizados recursos educacionais digitais, como a Plataforma de Alfabetização, que auxiliará na formação dos estudantes. “Em contrapartida, a Secretaria de Educação dará o suporte técnico aos equipamentos, com infraestrutura lógica, cabeamento e equipamentos para conectividade em sala de aula.

Conforme a Secretaria de Comunicação da prefeitura, o programa está em fase de finalização do contrato. A vigência prevê o suporte para atividades até 2022, com plano de auto sustentabilidade. Para que possa auxiliar o maior número de alunos possíveis, as atividades do programa irão funcionar em sistema rotativo, de modo que os equipamentos transitem entre as salas de aulas.

No Brasil, somente seis estados foram selecionados: Paraíba, Rio Grande do Sul, Sergipe, Tocantins, Bahia e Paraná, com os municípios de Guarapuava e Campo Mourão.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

DE 'DAR ÁGUA NA BOCA'

Como já é tradição, hoje (26) tem pastel da Catedral em Guarapuava

NOVA 'EXPLOSÃO'

'Explosão da covid-19': Guarapuava confirma 110 casos e a 30ª morte

NÃO ACABOU

5ª Regional perde posto de menor índice de contaminação do PR

Comentários