Governo do PR usa aeronaves para agilizar exames da Covid-19

Uso de transporte aéreo apressa envio de materiais e de exames para o Lacen, permitindo planejar melhor leitos de UTI e enfermarias

Os doentes podem receber os cuidados mais rapidamente (Foto: AENPr)

O Governo do Paraná disponibilizou a partir dessa terça (24) aeronaves para a Secretaria de Estado da Saúde utilizar e agilizar a confirmação dos resultados de exame para coronavírus. O anúncio em Guarapuava foi feito pelo Secretário Municipal de Saúde, Celso Góes.

O primeiro voo recolheu sete caixas de amostras em duas cidades do Interior: União da Vitória, na Região Sul, e em Cascavel, no Oeste. O material será analisado pelo Laboratório Central do Estado (Lacen), em Curitiba.

Assim, a estratégia busca dar mais rapidez na consolidação dos resultados, concentrando as ações nas pessoas infectadas pelo vírus. De acordo com a Secretaria da Saúde, a medida permite um melhor escalonamento de leitos de UTI’s e enfermarias, uso de aparelhos hospitalares, material e equipamento de proteção individual (EPI), evitando sobrecarga no Interior do Estado.

Além disso, conforme o secretário da Saúde, Beto Preto, os doentes podem receber os cuidados mais rapidamente, como no caso de medidas para isolamento. “Essa é uma forma de regular melhor os leitos. Fizemos um levantamento dos possíveis novos leitos para que não faltem espaços adequados para os paranaenses”.

OPERAÇÃO

A ação logística é coordenada pela Casa Militar do Governo do Estado. A coleta dos exames, explicou o capitão Ricardo Hoffmann, coordenador da operação, será feita diariamente em nove aeroportos, com cobertura em 22 Regionais de Saúde do Estado. A intenção é que as amostras estejam no Lacen até as 11h para que o resultado saia diariamente às 18h.

Concentramos os exames em cidades-polo para ganhar tempo. As Regionais de Cianorte e Campo Mourão, por exemplo, levam as amostras até Maringá para nós recolhermos.

AMPLIAÇÃO

O Laboratório Central do Estado informou ainda, que incluiu o exame para o novo coronavírus na Pesquisa de Vírus Respiratórios. Agora serão pesquisados 21 vírus de uma só vez. Até a semana passada as amostras passavam por um exame de 20 vírus e caso nenhum fosse detectado, seguia então para o teste específico de coronavírus.

Além desta alteração, o Lacen aumentará a quantidade de exames feitos por dia, considerando que haverá mais insumos para o laboratório. O local tem alta capacidade de processamento.

Dessa maneira, com mais insumos, mais agilidade no transporte, a tendência é que possam ser identificados os pacientes que estão com Covid-19 e adotar medidas de contenção localmente, de forma ainda mais rápida.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

AJUDA URGENTE

'Vidas por Vidas' faz rifa solidária para não fechar as portas

TURISMO RELIGIOSO

Caminho da fé: estações da Via Sacra estão em fase final de construção

SONHO REALIZADO

Governo regulamenta terras de pequenos produtores em Candói

Comentários

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com