Governo prorroga prazo de entrega da declaração do IR por dois meses

O prazo que era até o próximo dia 30 abril, foi estendido para 30 de junho. Segundo o secretário, a Receita concordou em prorrogar por causa do coronavírus

Governo prorroga prazo de entrega da declaração do IR por dois meses (Foto: Macello Casal Jr./Agência Brasil)

Em entrevista coletiva nessa quarta (2), em Brasília, o secretário da Receita Federal, José Barroso Tostes Neto, informou que o Governo Federal prorrogou o prazo da entrega da declaração do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF).

Assim, o prazo que era até o próximo dia 30 abril, foi estendido para 30 de junho. Segundo o secretário, a Receita concordou em prorrogar mesmo com um aumento significativo nas entregas deste ano. “Até essa terça (31), tínhamos recebido 8,8 milhões de declarações, 400 mil a mais que no mesmo período do ano passado. Isso representa 27% do esperado”.

Contudo, de acordo com o secretário, a decisão da prorrogação foi tomada após reclamações de pessoas confinadas em casa em função da quarentena do coronavírus, que relataram a falta de documentos para a apresentação.

Por fim, o secretário disse que ainda vai reavaliar o cronograma de restituição para quem já entregou a declaração. Neste ano, a Receita tinha reduzido, de sete para cinco, o número de lotes de restituição e antecipado o primeiro lote de 15 de junho para 30 de maio.

Leia outras notícias no Portal RSN.

Relacionadas

CAMPANHA

Campanha das eleições municipais começa neste domingo (27)

FOTOGRAFIA

Estudantes têm até 1º de outubro para inserir foto no cadastro do Enem

VOLTA AO TRABALHO

Após reuniões sindicais, greve dos Correios acaba oficialmente

Comentários