Guarapuavana que lutava contra câncer cerebral morre em Curitiba

Neiva Aparecida Geteski Machado tratava um Linfoma de Burkitt, diagnosticado em agosto deste ano. O sepultamento será hoje (26), às 15h, no Cemitério Continental

Sepultamento de Neiva será nesta tarde, às 15h, no Cemitério Continental (Foto: arquivo pessoal/Adriane Karoline Machado)

A guarapuavana Neiva Aparecida Geteski Machado morreu na manhã de ontem (25), em Curitiba, vítima de um câncer cerebral. Desde agosto deste ano, ela estava passando pelo tratamento de um Linfoma de Burkitt. Segundo a filha, Adriane Karoline Machado, sua mãe estava em coma há oito dias e faleceu às 7h dessa terça feira, no Hospital Erasto Gaertner.

Neiva Aparecida Geteski Machado, tinha 58 anos e realizava o tratamento pelo Sistema Único de Saúde (SUS) na capital. Em Guarapuava, ela residia no bairro Santana. Em novembro deste ano, a família chegou a realizar uma “vaquinha” online para auxiliar nos gastos com fraldas, alimentos especiais por ela ser diabética, medicamentos, suplementos, cuidadoras, alimentação dos acompanhantes até Curitiba, entre outros.

O corpo de Neiva chegou em Guarapuava por volta das 21h45 de ontem e está sendo velado na Capela Mortuária Cristo Rei. O sepultamento será hoje (26), às 15h, no Cemitério Continental.

Relacionadas

PARANÁ MAIS VERDE

Professores plantam mudas de árvores em manancial de água de Pitanga

NÃO PARA

Saúde de Irati registra mais uma morte por covid-19

VAMOS PARTICIPAR?

Oficina on-line de ginecologia natural ocorre neste sábado (28)

Comentários