Guardas prisionais flagram LSD em sedex enviado para Cadeia de Guarapuava

Um jovem de 18 anos, responsável pelo envio da droga para a unidade prisional foi identificado e vai responder pelo crime de tráfico de drogas

Guardas prisionais identificaram o ilícito via scanner (Foto: Depen)

A pandemia de coronavírus ainda tem afetado diversos setores da sociedade. A influência da doença, seja de ordem econômica ou social, mudou o cenário e as atividades dentro dos diferentes serviços. Desse modo, um dos segmentos que tiveram a rotina alterada é o sistema carcerário. Com a proibição das visitas e a entrega de sacolas na Cadeia de Pública de Guarapuava.

Com o avanço da doença, as famílias enviam produtos aos detentos via Sedex. E novamente, nesta quinta (5), guardas prisionais flagraram a tentativa de entregar objetos ilícitos aos detidos via Correio. Desta vez, um jovem de 18 anos foi identificado como responsável pelo envio de papéis de LSD para o interior da unidade prisional.

De acordo com a chefia da cadeia, guardas prisionais identificaram os objetos por meio de um scanner. “Tudo que chega via Sedex aos presos fica em quarentena por 48 horas. Depois disso, passa por fiscalização antes de ser entregue ao destinatário”. Dessa maneira, esta não é a primeira vez que o Departamento Penitenciário identifica irregularidades nas encomendas.

Segundo as informações, o remetente e o preso, um homem de 24 anos, serão formalmente acusados pelo crime de tráfico de drogas. Por fim, ainda conforme a chefia da cadeia, as visitas seguem suspensas e sem previsão de retorno. Além disso, tentar ingressar objetos ilícitos dentro do sistema carcerário é crime. No dia 13 de agosto, a PM prendeu um homem tentando ingressar objetos na cadeia pública. Entre os ilícitos, havia uma banana de dinamite.

MORTES

Neste ano, cinco detentos foram executados dentro da unidade prisional, a última morte registrada em 18 de agosto. Uma operação do Gaeco cumpriu mandados de prisão que investigam as execuções dentro da unidade dois dias depois. Além disso as tentativas de fuga estão também, aparentemente controladas.

A última tentativa de fuga informada pela chefia ocorreu em 22 de agosto. Neste dia, guardas prisionais frustraram a fuga. Anteriormente, dois presos fugiram pelo esgoto. Porém, a PM recapturou um deles. Por fim, no dia 6 de julho, 16 detentos fugiram.

Leia outras notícias no Portal RSN.

 

Relacionadas

COMBATE AO CRIME

PRF apreende mais de meia tonelada de maconha em Guarapuava

MAIS UM NOME DIVULGADO

Celso Góes anuncia o novo titular da Secretaria Executiva

PRIMEIRO ESCALÃO

Rita Felchak é a primeira escolha de Celso Góes para o novo mandato

Comentários